Sony compra Crunchyroll por US$ 1,1 bilhão e domina mercado de animes

Sony compra Crunchyroll por US$ 1,1 bilhão e domina mercado de animes

Por Durval Ramos | Editado por Jones Oliveira | 10 de Agosto de 2021 às 11h25

As duas gigantes do streaming de animes vão ficar sob o mesmo guarda-chuva. A Sony Pictures confirmou a compra do Crunchyroll da AT&T por US$ 1,175 bilhão — cerca de R$ 6,16 bilhões na cotação atual — nesta segunda-feira (09). Com isso, a empresa passa a operar tanto o recém-adquirido serviço quanto o Funimation, outra plataforma destinada às animações japonesas.

Com isso, a Sony detém não apenas um catálogo extenso de produções recentes e clássicas como também uma quantidade bastante expressiva de assinantes. Dados divulgados pelo Crunchyroll na semana passada apontavam que o serviço tinha mais de 5 milhões de assinantes, além de 120 milhões de usuários registrados em mais de 200 países. Com um modelo de negócio que permite assistir a animes de graça com propagandas, a plataforma é a mais popular dentro de seu nicho.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Com a compra finalizada, o que devemos ver na prática é uma junção dos dois serviços. No comunicado oficial divulgado pela Sony após a aquisição, o CEO da Sony Pictures Entertainment, Tony Vinciquerra, disse que os planos para uma experiência de assinatura unificada deverão ser criados o mais breve possível.

Segundo ele, combinar as duas operações vai permitir oferecer a experiência definitiva para os fãs de anime ao mesmo tempo em que traz uma oportunidade única para parceiros, distribuidores e criadores que querem continuar entregando conteúdo de qualidade em todo o mundo.

A Sony também disse que a junção do Crunchyroll com a Funimation vai permitir uma maior distribuição de seus conteúdos parceiros, além de expandir a oferta de material voltado para os fãs. “A junção do Crunchyroll com a Funimation vai nos permitir ficar ainda mais perto dos criadores e fãs que são o coração da comunidade do anime”, explica o CEO da Sony Corporation, Kenichiro Yoshida, na nota oficial.

Executivos da Sony prometem entregar experiência definitiva em animes, mas não detalharam o que vai mudar na prática (Imagem: Divulgação/Crunchyroll)

O anúncio da compra já tinha sido feito em dezembro de 2020, mas algumas dúvidas ainda pairavam no ar. A principal delas era justamente sobre a liberação dos órgãos regulamentadores, que poderiam criar barreiras pelo fato de a Sony agregar os dois principais serviços de anime do mercado. Contudo, o anúncio desta segunda-feira mostra que as negociações correram sem grandes entraves.

Já do lado da AT&T, a venda faz parte do seu processo de reestruturação para saldar suas dívidas, que chegaram à casa dos US$ 180 bilhões (R$ 844,5 bilhões) quando foi adquirida pela Time Warner em 2018.

Fonte: Deadline

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.