Netflix começa a testar novo plano Ultra no Brasil com preço mais caro

Por Jessica Pinheiro | 11 de Julho de 2018 às 11h56
Tudo sobre

Netflix

A Netflix começou a testar no Brasil um novo plano high-end (apelidado de Ultra) voltado para quem deseja até quatro telas em 4K e conteúdo em formato HDR. Nos outros países, esse modelo já está valendo pela bagatela de US$ 16,99 ao mês – algo em torno de R$ 65 em conversão sem impostos – em duas versões diferentes.

A primeira oferece quatro telas Ultra HD (logo, o plano Premium cai de quatro para apenas duas telas simultâneas), e a segunda oferta aos clientes Premium e Ultra possibilidade de assistir em até quatro telas Ultra HD simultâneas. Todavia, nesse segundo modelo, somente os clientes Ultra possuem acesso a conteúdo HDR.

No Brasil, o plano também começou a ser testado com preços que variam entre R$ 45,90 e R$ 53,90. Esta opção, no entanto, não aparece se você já for assinante da Netflix, valendo apenas para novos usuários. Ao tentar assinar o serviço, a Netflix, então, exibe os novos pacotes, que foram constatados pelo Canaltech:

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

(Imagem: Canaltech)

O mais curioso disso tudo, entretanto, é que a Netflix vem exibindo, aleatoriamente, dois valores diferentes para o plano Ultra. Embora não haja explicação para a disparidade de preços, o plano que custa R$ 45,90 aparentemente não oferece imagem HDR, diferenciando-se do Premium apenas pelo "Áudio com qualidade superior" – talvez em 5.1.

Em sua versão mais cara, o plano Ultra sai por R$ 53,90 e, agora sim, disponibiliza conteúdo em HDR. Apesar de não deixar claro, supomos que o tal "Áudio com qualidade superior" também está inclusivo nessa modalidade.

(Imagem: Canaltech)

Vale ressaltar que a Netflix ainda não se pronunciou oficialmente sobre o novo plano Ultra e os novos preços, o que nos faz acreditar que ele está sendo comercializado em caráter de testes. O Canaltech entrou em contato com o serviço de streaming para saber exatamente qual será a nova política de precificação, mas até o fechamento desta matéria não obteve resposta.

Atualização: Recebemos um posicionamento oficial da Netflix sobre o caso. A representante esclareceu ao Canaltech que a plataforma está testando "continuamente novas coisas na Netflix e esses testes normalmente variam em duração". Ela ainda acrescenta o seguinte: "Nesse caso, estamos testando preços e recursos ligeiramente diferentes para entender melhor como os consumidores valorizam a Netflix. Nem todo mundo vai ver esse teste e talvez não possamos oferecer os preços ou recursos específicos contemplados".

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.