Publicidade

Netflix cancela Power Rangers e série de 30 anos pode chegar ao fim

Por| 12 de Junho de 2024 às 18h03

Link copiado!

Divulgação/Saban Entertainment
Divulgação/Saban Entertainment

Uma das mais populares franquias da TV pode estar com os dias contados. Na última terça-feira (11), veio a público que a Netflix cancelou a série live-action de Power Rangers que estava desenvolvendo e que representaria um novo capítulo na história dos super-heróis da Hasbro Entertainment.

A notícia, divulgada pelo TV Line, informou que a plataforma de streaming decidiu pausar todos os projetos que envolviam a marca Power Rangers e nos quais a Netflix vinha se debruçando desde 2021.

Continua após a publicidade

A Hasbro, no entanto, pretende manter o projeto de pé, tentando para isso explorar uma nova direção criativa para a série e buscar parceiros que estejam interessados em levá-la para o ar.

Lançada em 1993, Power Rangers nasceu originalmente como uma série de TV live-action baseada na franquia japonesa Super Sentai. A produção acompanha um grupo de super-heróis multiétnicos que moravam na Alameda dos Anjos e que, liderados por Zordon, dedicavam suas vidas a proteger a Terra.

Com o passar dos anos e o sucesso do show, a franquia se desdobrou em filmes, histórias em quadrinhos, jogos eletrônicos e brinquedos, se tornando popular e querida por diferentes gerações.

Continua após a publicidade
O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

A própria Netflix já havia lançado vários produtos ambientados nesse universo, como a segunda temporada da série Power Rangers: Dino Fury, exclusiva da plataforma, e os projetos Power Rangers: Fúria Cósmica e Power Rangers: Agora e Sempre.

Este último, um filme especial de aniversário da franquia, brindou os fãs com boa parte de seu elenco antigo, reunindo atores como David Yost (Ranger Azul), Walter Emanuel Jones (Ranger Preto), Steve Cardenas (Ranger Vermelho) e Catherine Sutherland (Ranger Rosa), além da dubladora Barbara Goodson (Rita Repulsa).

Apesar da reunion e dos diferentes projetos, a baixa audiência do universo Power Rangers para ter decepcionado o serviço de streaming, que optou por recalcular a rota e pausar seus investimentos na franquia.