John Wick | Série sobre Hotel Continental ganha diretor e orçamento milionário

Por Beatriz Vaccari | Editado por Jones Oliveira | 19 de Julho de 2021 às 12h40
Lionsgate

Já sabemos que John Wick ganhará não apenas seu quarto capítulo, como também completará a franquia com cinco filmes no total. Além disso, já haviam notícias pipocando sobre spin-offs que tornariam a saga um verdadeiro universo cinematográfico, mas por conta da pandemia da COVID-19, detalhes sobre essas produções ainda estavam bem escassos.

No entanto, parece que a série derivada The Continental, que acontece 40 anos antes dos acontecimentos do primeiro filme e é ambientada no hotel que serve como território neutro para membros do submundo do crime. De acordo com o The Hollywood Reporter, o cineasta Albert Hughes, de O Livro de Eli, assinou contrato para dirigir o primeiro e o terceiro episódios da minissérie, que será transmitida no canal estrangeiro Starz — o segundo episódio, por sua vez, ainda não encontrou um diretor.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Série sobre Hotel Continental finalmente ganhou novidades (Imagem: Divulgação / Lionsgate)

Além disso, o THR revela que a série de três capítulos conta com um orçamento que supera o primeiro e o segundo filme: com US$ 20 milhões dedicados a cada episódio, The Continental tem US$ 60 milhões à disposição para ser produzida. Em 2014, John Wick custou US$ 30 milhões ao todo, enquanto sua sequência custou US$ 40 milhões. O orçamento de Parabellum, contudo, ainda é o mais alto da franquia: variando entre US$ 55 milhões e US$ 75 milhões.

The Continental será dividido em três episódios de 90 minutos cada. Muitos membros da franquia original estão envolvidos no projeto, incluindo o roteirista Derek Kolstad e o diretor Chad Stahelski, que atuarão como produtores executivos. O cineasta David Leitch, de Atômica e Velozes e Furiosos: Hobbs & Shaw, também entrará na produção; ainda não há confirmações sobre o envolvimento de Keanu Reeves como produtor.

The Continental acompanhará o personagem de Winston mais novo, 40 anos antes do primeiro filme (Imagem: Divulgação / Lionsgate)

Como será The Continental?

A história de The Continental seguirá Winston, que nos filmes é interpretado por Ian McShane. Passando-se 40 anos antes de John Wick, a minissérie será uma prequela, acompanhando um jovem que começou como um hoteleiro assassino que, junto com outros criminosos, cria um paraíso para essas figuras — afinal, vale lembrar que nos filmes o hotel é um território neutro, cuja única regra é não matar dentro das dependências do local. "O que estamos explorando na série é o jovem Winston e como ele e sua equipe de confederados encontraram o caminho para este hotel que encontramos pela primeira vez na franquia", compartilhou o presidente da Lionsgate, Kevin Beggs, sobre o enredo da série.

Sabe-se que a série foi diretamente inspirada em Família Soprano, da HBO. O contexto de The Continental é "uma Nova York em ruínas na década de 1970 com uma greve de lixo que empilhou sacos de lixo até o terceiro andar da maioria dos prédios residenciais; a máfia se intrometendo nesse negócio mostra porque Sopranos está presente no saneamento e entre outras questões que são reais e servem como um pano de fundo interessante para explorar as origens do Continental", finalizou Beggs.

Keanu Reeves deve entrar como produtor da minissérie (Imagem: Divulgação / Lionsgate)

Não há informações que confirmem a presença de Ian McShane na produção, mas, segundo o DEADLINE, o ator pode fazer o trabalho de locução da minissérie. The Continental ainda não tem uma data de lançamento, embora John Wick 4 esteja programado para chegar aos cinemas em 27 de maio de 2022 nos Estados Unidos.

Fonte: The Hollywood Reporter, Deadline

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.