5 filmes para relembrar a genialidade de Paulo Gustavo

Por Beatriz Vaccari | Editado por Jones Oliveira | 05 de Maio de 2021 às 10h41
Divulgação / Conspiração, Downtown e Globo

A notícia que nenhum brasileiro esperava ouvir, infelizmente, veio à tona na noite desta terça-feira (4): faleceu o comediante Paulo Gustavo, de apenas 42 anos, em decorrência da COVID-19. O ator, humorista e roteirista estava internado desde o dia 13 de março e chegou a apresentar melhora, mas seu quadro se agravou no último domingo (2), quando começou a apresentar embolia pulmonar.

Ao longo da carreira, Paulo Gustavo foi um artista de inúmeras realizações e recordes, além da tamanha importância da sua presença num país como o Brasil: ser abertamente homossexual e trazer para o público todas as questões que isso envolve, como a paternidade, o diálogo com a família e os preconceitos vividos diariamente nas ruas. Além disso, foi grande ativista pelo consumo da arte e do entretenimento no país, mesmo após a extinção do Ministério da Cultura, em 2019.

Como uma forma de homenagear um dos maiores artistas e comediantes da atualidade, o Canaltech listou cinco dos mais importantes trabalhos de Paulo Gustavo para você assistir online.

5. Divã

Divã é um filme de 2009 estrelado por Lília Cabral. A comédia foi o segundo trabalho de Paulo Gustavo nos cinemas após A Guerra dos Rocha, seu primeiro longa-metragem, mas que acabou não abrindo tantas portas como Divã. A história acompanha Mercedes, uma mulher que, aos 40 anos, decide procurar um analista após começar a ter crises existenciais. No filme, Paulo Gustavo interpreta o cabeleireiro René, que estrela uma das cenas de maior destaque de toda a produção, quando a protagonista decide repicar todo o cabelo.

Divã está disponível na Netflix, Telecine e Globoplay.

4. Os Homens São de Marte... E é pra Lá que Eu Vou!

Em Os Homens São de Marte..., Paulo Gustavo já tinha um nome consolidado na indústria do humor. O longa, embora não estrelado por ele, mostra uma incrível e extraordinária dinâmica entre o humorista e sua amiga e atriz de longa data Mônica Martelli. Aqui ele interpreta Aníbal, o melhor amigo de Fernanda (Mônica), uma mulher que é excelente organizando casamentos, mas péssima em achar sua cara-metade na vida real. Determinada a encontrar o amor da sua vida, a protagonista parte em busca do seu conto de fadas, conhecendo os mais diversos tipos de homens no Rio de Janeiro.

Os Homens São de Marte... E é pra Lá que Eu Vou! está disponível no Telecine e Globoplay.

3. 220 Volts - O Filme

220 Volts foi o primeiro trabalho de Paulo Gustavo para a televisão. O programa era exclusivamente produzido e exibido pelo canal Multishow e retratava situações comuns do cotidiano misturando quadros humorísticos e entrevistas num tom de stand-up comedy. Além disso, Paulo ainda aproveitava o espaço para mostrar sua versatilidade como ator, interpretando os mais variados personagens. O sucesso foi tão grande que se alongou por cinco temporadas e em 2021 ganhará um filme, infelizmente sendo o último trabalho inédito do artista nos cinemas.

220 Volts - O Filme ainda não estreou nos cinemas. A série, por outro lado, pode ser assistida pelos assinantes do Globoplay + canais ao vivo, enquanto o especial de fim de ano pode ser assistido no Globoplay.

2. Vai Que Cola

sitcom de auditório Vai Que Cola, de 2013, foi um sucesso que se estendeu por oito temporadas. A história é simples, mas rende diversas situações cômicas pelo fácil humor de Paulo Gustavo e o choque de realidade de seu personagem com os demais no palco do programa: Valdomiro, ao fugir da Polícia Federal, vai parar em uma pensão no Méier, bairro do subúrbio carioca e agora precisa conviver com Dona Jô e os demais hóspedes e funcionários do local, como Waldomiro, Ferdinando, Terezinha, Wilson, Jéssica, Máicol e Velna. O programa foi de tanto sucesso que em 2015 ganhou sua versão para as telonas e acompanha Valdomiro recuperando sua cobertura no bairro nobre do Rio de Janeiro, mas que agora tem que conviver com todos os moradores da pensão em seu antigo prédio.

Vai Que Cola está disponível no Telecine e Globoplay.

1. Minha Mãe É Uma Peça

Foi inspirando-se em sua própria mãe que Paulo Gustavo quebrou diversos recordes ao longo de sua carreira, estrelando e roteirizando Minha Mãe É Uma Peça. O primeiro filme, lançado em 2013, foi adaptado da peça homônima e catapultou o comediante ao estrelato. Nele, o ator interpreta Dona Hermínia, uma mulher de meia-idade divorciada e que passou a perceber que seus filhos não são mais crianças e logo estarão deixando o ninho.

O longa logo se desdobrou em três e tornou-se a franquia de maior público da história do cinema brasileiro, com mais de 26 milhões de ingressos vendidos ao todo e com o terceiro filme batendo diversos recordes, atraindo 2 milhões de espectadores apenas no primeiro fim de semana em cartaz. Ao todo, o terceiro filme levou 11,5 milhões de pessoas aos cinemas e se consolidou como a comédia com maior público da história da indústria cinematográfica nacional.

A trilogia de Minha Mãe É Uma Peça está disponível no Telecine e Globoplay.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.