Descoberto exoplaneta parecido com Tatooine, de 'Star Wars'

Por Redação | 07.07.2016 às 19:53

Todo fã da franquia Star Wars conhece Tatooine, o planeta que serviu de morada para Anakin e Luke Skywalker e que orbitava dois sóis. E saltando da ficção, com toda a sua raridade, uma equipe de pesquisadores da Universidade do Arizona descobriu um incrível Tatooine da vida real.

Em um artigo publicado na revista Science, os cientistas descreveram a existência do HD 131399Ab, um exoplaneta que orbita nada menos que três estrelas ao mesmo tempo. E não para por aí, pois este tipo de fenômeno é extremamente raro. De acordo com Kevin R. Wagner, principal autor do estudo, entre todos os planetas descobertos, este é apenas o quinto encontrado em um sistema estelar triplo.

Os astrônomos conseguiram detectar e fotografar a existência do HD 131399Ab graças ao uso da SPHERE, uma tecnologia bastante sofisticada do Very Large Telescope, que fica localizado no Chile. Mas as condições ambientais do planeta também ajudaram na sua descoberta.

Segundo os cientistas envolvidos no projeto, a temperatura do exoplaneta é de 580 graus Celsius, e sua massa é quatro vezes maior que a de Júpiter. "Ele é quente o suficiente para emitir sua própria luz infravermelha e fica localizado longe o bastante de suas estrelas, fazendo com que seu brilho infravermelho não seja mascarado", explicou um dos pesquisadores.

Para os cientistas, a previsão era de que a órbita de um planeta como este, no coração de um sistema estelar triplo, seria instável, mas aparentemente não é o que acontece com o HD 131399Ab. Esta observação sugere que esses tipos de sistemas planetários podem ser mais comuns do que se imaginava até o momento. O HD 131399Ab fica localizado na constelação de Centaurus, a uma distância de 320 anos-luz da Terra e tem cerca de 16 milhões de anos, o que o torna um dos exoplanetas mais jovens descobertos até agora.

Uma das informações mais interessantes é que a sua órbita totaliza 550 anos terrestres, sendo a maior conhecida em um sistema estelar múltiplo. Dessa forma, durante parte de sua órbita não há noite, já que sempre tem luz direta de algum dos sóis. Já em outra parte da órbita, um habitante do planeta poderia observar um surpreendente triplo nascimento e pôr-do-sol.

Para os astrônomos, planetas como o HD 131399Ab despertam interesse especial, já que "mostram como funciona a formação planetária em cenários muito extremos". Assim, a expectativa é de que a pesquisa forneça mais informações sobre a misteriosa constituição do universo.

Fonte: HiperTextual