Darkflix | Streaming nacional de filmes e séries de horror deve chegar em abril

Por Rafael Arbulu | 10 de Abril de 2019 às 19h30
(Imagem: Rafael Arbulu)

Há anos o Brasil não tem produções muito firmes no mercado do horror cinematográfico, mas essa é uma realidade que pode vir a mudar ainda neste mês de abril: o empresário Ernani Silva, que tem cerca de 30 anos de atuação no setor de distribuição de filmes, está prestes a lançar um serviço de streaming chamado Darkflix, voltado exclusivamente ao streaming de séries e filmes dos gêneros macabros.

Por meio de sua empresa, a DRK Entretenimento, Ernane espera que a plataforma seja lançada até o final deste mês, prometendo 666 produções em seu catálogo inicial, desde grandes clássicos do cinema internacional, passando por produções brasileiras e até mesmo projetos independentes. Mais além, a Darkflix também contará com um canal online 24h para exibição do material e até uma área voltada à leitura de quadrinhos de terror.

O projeto, que começou com as negociações de distribuição e exibição das produções há dois anos, deve começar com o lançamento do aplicativo, que disponibilizará inicialmente o canal online e mostrará curta-metragens, documentários e alguns filmes e séries. Aproximadamente dois dias depois, chega a parte de streaming do serviço, em caráter premium, destinado a membros que pagarem uma assinatura.

Home page oficial do projeto, que deve chegar ainda neste mês de maio

O empresário ainda ressalta que a maior parte do catálogo será composta por produções inéditas, até mesmo em home video. “O catálogo está sendo montado de maneira bastante abrangente, incluindo clássicos do cinema, séries de TV, produções nacionais, conteúdos independentes e grandes filmes de grandes estúdios”, ele disse, em entrevista para o blog A Escotilha.

“Novas negociações são feitas diariamente. Também licenciaremos de agentes já instalados no Brasil, que já detêm as licenças e administram conteúdos para streaming e serviços ‘on demand’”. Mais além, Silva não se acanha de seguir os mesmos caminhos da Netflix, confirmando que, futuramente, é intenção de sua plataforma promover produções próprias.

O aplicativo e a iniciativa vêm recebendo atualizações frequentes por meio de um perfil oficial no Twitter e uma página no Facebook. Até o momento, já estão confirmados no catálogo produções como as três primeiras versões de Além da Imaginação, Godzilla (1954), Donnie Darko (2001) e Chamas da Vingança (1984). O serviço de streaming deve ser lançado com preço sugerido de R$ 9,90.

Fonte: A Escotilha; Darkflix (1) (2) (3)

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.