Publicidade

Coringa 2 pode ser um musical com Lady Gaga no elenco

Por| Editado por Jones Oliveira | 14 de Junho de 2022 às 12h43

Link copiado!

Warner Bros Pictures
Warner Bros Pictures

O novo Coringa 2 pode ser bem diferente do que muita gente esperava. Isso porque a tão aguardada sequência que vai trazer a vilã Arlequina pode ser um musical e contar com ninguém menos do que Lady Gaga no elenco principal.

As informações são do The Hollywood Reporter, que revela que fontes ligadas à produção de Coringa: Folie à deux indicam que a ideia é mudar bastante o tom da história e deixar para trás o clima pesado e sombrio do longa original fortemente inspirado nos clássicos Taxi Driver e O Rei da Comédia, adotando algo bem diferente.

Continua após a publicidade

Assim, o encontro do Coringa com a Arlequina seria algo embalado nesse clima do cinema musical. E seria aí que a entrada de Lady Gaga no elenco passa a fazer ainda mais sentido, já que tanto ela quanto o próprio Joaquin Phoenix também são cantores. Mais do que isso, ambos são ganhadores do Grammy, a maior premiação do mercado musical — ou seja, essa proposta caberia muito bem para eles.

Não se sabe ainda se Gaga viverá mesmo a Arlequina. Segundo o THR, todos os detalhes sobre o seu papel em Coringa 2 ainda estão sendo mantidos em segredo pelo estúdio, então não há como saber o que vem por aí. Ao mesmo tempo, ela vem ganhando bastante espaço em Hollywood nos últimos anos, tendo sido inclusive indicada ao Oscar de Melhor Atriz por seu papel em Nasce uma Estrela.

Musical do Coringa: faz sentido?

O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

E por mais que muitos fãs possam torcer o nariz para a mudança de tom em Folie à deux, essa instabilidade é algo que combina muito bem com o personagem e o próprio fato de o filme se tornar um musical é algo que se encaixa muito bem tanto na loucura do Coringa quanto na transformação da Arlequina.

Desde que foi criada na animação Batman: The Animated Series, a personagem sempre teve como base esse encantamento pelo vilão e é isso que faz com que a psiquiatra Harleen Quinzel seja engolida pela insanidade de seu paciente a ponto de ela própria se tornar uma criminosa mentalmente instável.

E, sob o ponto de vista de ambos, essa loucura toda pode ser facilmente vista como um conto de fadas ou um musical clássico — e que, na tela, contrastaria muito bem com a realidade cinza e suja de Gotham. Aliás, o palhaço cantando já é algo bem clássico dos quadrinhos, desenhos e até dos games.

Continua após a publicidade

De qualquer forma, nada disso foi oficializado pela Warner. Até o momento, o estúdio segue em silêncio sobre Coringa 2 e o próprio diretor Todd Phillips não comentou os novos rumores sobre o longa.

Fonte: THR