Arte Digital: conheça alguns projetos expostos no FILE 2012, em São Paulo

Por Joyce Macedo | 20.07.2012 às 18:50 - atualizado em 23.07.2012 às 14:26

O Canaltech visitou o FILE 2012 – Festival Internacional da Linguagem Eletrônica, que acontece até o dia 19 de agosto, em São Paulo – para mostrar um pouco do que o festival que une arte e tecnologia trouxe em sua décima terceira edição. Obras de artistas de diversos países foram reunidas neste evento que é um show de sons, luzes e interatividade.

Para dar vida aos projetos os artistas utilizaram diversos recursos, como infravermelho, sensores de movimento, motores, microcontroladores e uma série de outras técnicas.

A exposição é um prato cheio para quem curte a tecnologia utilizada de maneiras surpreendentes. Conheça algumas das principais instalações.

FILE Instalação

Nesta área da exposição, é possível interagir tanto com uma famosa pintura de Van Gogh quanto observar vassouras que "dançam" quando alguém se aproxima. Vestidos cujo tecido se movimenta de acordo com a influência do espectador e até mesmo um cubo gigantesco que simplesmente flutua no ar chamam atenção.

Durante o percurso pela Galeria de Arte do SESI-SP, localizada no prédio da FIESP na Avenida Paulista, é possível até ouvir o som do mar, perfeitamente reproduzido através de uma engenhoca montada com um tambor oceânico, braços mecânicos e pequenas bolinhas metálicas. Esses elementos são captados por um microfone, processados pelo computador e reproduzidos por caixas acústicas. Taí uma maneira "tech" de ouvir o barulho das ondas do mar na Avenida Paulista!

Uma atração muito divertida foi criada por dois espanhóis. Logo na entrada, o espectador pode sentar-se à frente de um espelho que irá gravar sua imagem durante 15 segundos. O vídeo é captado pelo sistema e, em seguida, é possível ver seu próprio rosto estampando retratos célebres, como "Meninas", de Goya, por exemplo.

Viodematón  FILE 2012

Foto: Joyce Macedo/Canaltech

FILE Games

Os gamers não ficaram de fora dessa. Também existe uma sessão do Festival dedicada a jogos, assim como uma exclusiva para a exibição de animações de diferentes gêneros e com grandes nomes de festivais internacionais.

Um game chamado "Xilo", desenvolvido por brasileiros, marca presença no festival. Xilo é baseado na cultura e folclore do nordeste do nosso país, e até a mula-sem-cabeça entra na jogada! Ele foi vencedor na categoria júri popular como melhor jogo no SBGames 2011 - competição de produções independentes de todo o Brasil - e agora você pode testar sua jogabilidade no FILE Games.

Xilo

Imagem: Reprodução / Divulgação

FILE Tablet

Uma bancada repleta de tablets (iPad e Androids) com mais de 35 aplicativos (e-books, games e entretenimento) fica à disposição do público.

Uma combinação interessante entre livro interativo, animações e jogos de computador de vários gêneros se reúnem no aplicativo russo Haab Entertainment - Good Vs. Reason. Outro aplicativo que chama a atenção é o Sprinkle, desenvolvido na Suécia. Ele é um jogo onde temos que desvendar enigmas e vencer obstáculos. Sprinkle também traz efeitos de física aquática muito realistas. Certamente, vale o passatempo.

FILE Mídia e Arte

A web arte também é um tema abordado na FILE Mídia e Arte, com diversos vídeos exibidos em TVs com fones a disposição para quem quiser assisti-los.

Entre os destaques estão os projetos Invasão Bosque, do brasileiro Chico Santos, e os gringos Are you worried, Circle Iteration, Round Buildings e La Niebla.

FILE Mídia e Arte

Foto: Joyce Macedo / Canaltech

FILE Hipersônica

Para os amantes da música, o Teatro do SESI-SP é o destino certo. É lá que acontece o FILE Hipersônica, a sessão do festival que enfatiza manifestações musicais, visuais e performáticas da arte eletrônica, contando com a apresentação de diversos artistas no decorrer dos dias.

O destaque fica para a performance musical de GayBird, em Digital Hub, que é uma mistura de intrumentos criados pelo próprio artista com imagens e animações projetadas.

FILE Symposium e FILE Workshop

Para quem quiser aprofundar seus conhecimentos em diversas áreas da "arte tecnológica", o FILE tem uma programação de palestras e workshops até o dia 20/07.

São mesas redondas sobre assuntos como, por exemplo, cultura hacker e suas implicações para a filosofia da arte e workshops sobre programação de Kinect com Processing, entre outros. Confira o calendário completo na agenda oficial.

E na galeria abaixo, você vê mais algumas imagens do FILE 2012, que acontece no prédio da FIESP, em São Paulo, até o dia 19 de agosto.

SERVIÇO

FILE 2012

Local: Centro Cultural Fiesp - Ruth Cardoso - Avenida Paulista, 1.313 (Metrô Trianon-Masp) - São Paulo/SP

Informações: (11) 3146-7405/ 7406

Classificação indicativa: livre

Entrada franca

Workshops

Datas: de 17 a 20 de julho de 2012

Exposição (Galeria de Arte do SESI-SP)

De 17 de julho a 19 de agosto de 2012 (às terças-feiras e aos sábados, das 10h às 20h; às segundas-feiras, das 11h às 20h; e aos domingos, das 10h às 19h).