Uber afirma que serviço pode gerar 30 mil empregos no Brasil até 2016

Por Redação | 14 de Setembro de 2015 às 11h33
photo_camera Divulgação

O polêmico aplicativo Uber promete gerar 30 mil oportunidades de emprego no mercado brasileiro. De acordo com a companhia, a estimativa pode alcançar a sua meta até outubro de 2016 e a medida deve justificar a busca de uma regulamentação no país.

A empresa diz que assume esse compromisso com o Brasil afirmando que, atualmente, existem aproximadamente 5 mil motoristas usando a plataforma em todas as cidades em que a tecnologia já chegou. O Uber também destaca que os seus trabalhadores têm flexibilidade para executar a função no dia que quiserem, sem precisar cumprir horários ou chefes.

"Esses são apenas alguns dos motivos pelos quais essas pessoas trabalham com satisfação, oferecendo um ótimo serviço para os usuários", argumenta a empresa. Além de gerar empregos, o compartilhamento fará com que milhões de usuários brasileiros utilizem os seus carros particulares, auxiliando na mobilidade urbana.

"Chegamos neste número projetando as taxas de crescimento da plataforma que observamos no Brasil até agora e balizando esta projeção com dados de mercados em que atuamos há mais tempo, com perfis similares ao das cidades brasileiras, como a Cidade do México, que recentemente criou uma regulação para este mercado", afirma o comunicado oficial da companhia.

A notícia vem em um momento no qual o Uber tem gerado muita polêmica no país, principalmente em São Paulo, onde os veículos da plataforma foram proibidos de operar. A regulamentação seria um grande passo para que os taxistas considerem o serviço como uma concorrência legal.

Fonte: Uber

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.