Quer trabalhar no exterior? Veja quais são as profissões mais procuradas

Quer trabalhar no exterior? Veja quais são as profissões mais procuradas

Por Roseli Andrion | Editado por Claudio Yuge | 04 de Agosto de 2021 às 20h00
Elements/bialasiewicz

Uma das áreas transformadas pela pandemia foi a do trabalho. A atuação remota se tornou uma realidade para muitos profissionais dos mais diversos segmentos. Com isso, trabalhar para uma empresa estrangeira tornou-se uma possibilidade real.

Alguns profissionais são mais requisitados por companhias do exterior. A startup Deel, que faz gestão de pagamento para equipes internacionais, fez um levantamento com base nas contratações realizadas por sua plataforma. Segundo ela, quatro profissões são as mais promissoras para brasileiros. Veja!

Tecnologia da informação (TI)

Já há alguns anos, a área de TI é uma das que mais crescem em todo o mundo. Empresas estrangeiras procuram profissionais capacitados e oferecem salários expressivos graças à estabilidade cambial.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Design

Designers são procurados por empresas estrangeiras que buscam especialistas no segmento de comunicação. A maior parte das companhias interessadas são startups em fase de crescimento e Pequenas e Médias Empresas (PMEs) que querem investir em diversidade cultural.

Imagem: Reprodução/Envato/Gajus-Images

Atendimento ao cliente

A maioria das empresas, hoje em dia, precisa de um setor de atendimento ao cliente bem estruturado. Os profissionais são procurados, principalmente, por empresas em expansão que precisam de atendimento em diversos fusos-horários para suprir as necessidades de clientes e parceiros.

Vendas

Os profissionais de vendas são responsáveis por vender serviços ou produtos e, assim, garantir o desenvolvimento das organizações. Segundo a Deel, os brasileiros são procurados para inside sales.

Além das habilidades relacionadas à profissão que pretende exercer, o candidato precisa ter fluência em um segundo idioma. Presente em mais de 150 países, a própria Deel tem equipe remota, com mais de 200 pessoas, em todos os fusos-horários. Nos últimos meses, levantou R$ 206 milhões de dólares em investimentos. 

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.