Dia da mulher | Grandes empresas inserem público feminino na área tech

Por Nathan Vieira | Editado por Douglas Ciriaco | 01 de Março de 2021 às 15h20
Christina/Unsplash

No próximo dia 8, comemora-se o Dia Internacional da Mulher, e tendo essa ocasião em mente, empresas da área de tecnologia estão fazendo ações voltadas à introdução do público feminino no mercado tech, com direito a cursos e outras programações.

Cresça com o Google para Mulheres

Na quarta-feira passada (24), o Google abriu inscrições gratuitas para o seu programa de treinamento e capacitação para mulheres que buscam desenvolver suas carreiras ou negócios no meio digital. O Cresça com o Google para Mulheres acontece em sua primeira edição on-line no dia 8 de março.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

O evento é voltado para mulheres que querem empreender e evoluir seus próprios negócios ou que buscam desenvolver suas carreiras, com abordagens de técnicas de gestão, liderança feminina, técnicas de vendas, finanças e, ainda, formas de construir sua marca pessoal, além de temas como autoconhecimento, técnicas de entrevistas, apresentação pessoal e dicas para acelerar o crescimento e alcançar objetivos profissionais.

A programação inclui a participação de executivas como Susana Ayarza (Diretora de Marketing do Google Brasil), Rachel Maia (CEO e Fundadora da RM Consulting), Paula Bellizia (VP de Marketing do Google Brasil), Sofia Esteves (fundadora do Grupo Cia de Talentos) e palestrantes especialistas.

Iniciativas voltadas ao Dia Internacional da Mulher buscam inserir o público feminino na área tech, realçando as habilidades digitais (Imagem: Christina Morillo/Pexels)

A ideia por trás do Cresça com o Google é oferecer conteúdos e ferramentas para o aprimoramento de habilidades digitais, carreiras e negócios. Em 2021, a programação envolverá mais cinco edições voltadas à presença de mulheres no mercado de tecnologia, mulheres trans, com mais de 60 anos, negras e mulheres com deficiência.

As inscrições podem ser feitas a partir desta quarta-feira, 24, na nova plataforma de treinamentos on-line da iniciativa. No ato da inscrição, é necessário escolher um dos dois segmentos: "Cresça com o Google para Mulheres que querem Empreender" ou "Cresça com o Google para Mulheres que querem desenvolver suas carreiras". O conteúdo do treinamento estará disponível a partir do dia 8, às 9h. Para saber qual segmento escolher, confira a agenda completa:

Cresça com o Google para Mulheres que querem Empreender

  • Liderança para empreendedoras
  • Networking: Construindo redes de relacionamento
  • Desenvolva uma marca forte para o seu negócio
  • Aprenda a vender o seu peixe
  • Organização financeira como um hábito de vida
  • Trajetória empreendedora de Rachel Maia

Cresça com o Google para Mulheres que querem desenvolver suas carreiras

  • Autoconhecimento para escolhas profissionais
  • Comunicação eficaz para conversas profissionais
  • Melhorando a sua apresentação pessoal
  • Usando a sua experiência como diferencial no mercado de trabalho
  • Como se preparar para entrevistas de emprego
  • Mudança de Carreira e a história Inspiracional de Sofia Esteves

“A pandemia afetou negativamente a todos, mas especialmente as mulheres. São muitas as que têm que fazer dupla jornada em casa, trabalhando e cuidando da família. Com o Cresça, queremos mostrar histórias inspiradoras e garantir que todas as mulheres terão acesso ao conhecimento e às ferramentas necessárias para inovar em seus negócios e desenvolver suas carreiras por meio do digital”, aponta Susana Ayarza, diretora de Marketing do Google Brasil.

Bootcamp de programação focado em mulheres

Laboratória também traz iniciativas voltadas às mulheres, visando o ensinamento de programação por meio de um curso de 6 meses (Imagem: Mateus Campos Felipe /Unsplash)

Enquanto isso, a Laboratória, uma organização destinada a ajudar a carreira de mulheres no mundo digital, abriu as inscrições para um bootcamp de seis meses exclusivo para mulheres e com foco em empregabilidade na área de programação. O curso, que começará em maio de 2021, será realizado de maneira remota. Para poder participar, a mulher precisa ter disponibilidade de frequentar as aulas cinco vezes por semana, de segunda a sexta, no período da tarde. As alunas não pagam nada durante o curso e, depois de empregadas, devolvem um percentual de 15% do salário por até dois anos.

Basicamente, esse bootcamp prepara as alunas para se tornarem desenvolvedoras front-end e, para ingressar, não é necessário conhecimento prévio na área. No final do curso, a organização conecta as mulheres com as empresas por meio de um hackathon exclusivo. As inscrições da etapa online do processo seletivo vão até dia 21 de março e, para se inscrever, basta acessar o site.

Os critérios de seleção são os seguintes:

  • Apresentar-se e identificar-se como mulher
  • Ter no mínimo 18 anos ou 18 anos completos ao final do bootcamp
  • Ter cursado o Ensino Médio em escola pública ou em escola privada com bolsa integral
  • Não estar cursando uma universidade durante o bootcamp, já que a formação requer dedicação integral
  • Ter disponibilidade para frequentar as aulas 5 horas por dia (no período da tarde), 5 vezes por semana, durante 6 meses

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.