Entenda a diferença entre os fretes dos Correios para encomendas internacionais

Por Ares Saturno | 15 de Maio de 2018 às 09h09
photo_camera belchonock/Depositphotos

O perfil oficial dos Correios no YouTube contém vídeos informativos sobre os serviços realizados pela empresa, deixando os clientes a par de como funcionam as entregas, taxas e prazos. Em relação às encomendas internacionais e seus prazos de recebimento, os Correios esclarecem que cerca de 80% das encomendas são de origem chinesa, que levam cerca de 20 dias para chegarem ao Brasil.

As mais de 300 mil encomendas que chegam diariamente ao país são encaminhadas ao Centro Internacional dos Correios, em Curitiba, onde aguardam pela liberação da Receita Federal, que decide se os produtos serão tributados ou não. A partir daí, o tipo de frete contratado pelo remetente será responsável por dizer quanto tempo levará para que a encomenda seja entregue ao endereço fornecido no ato da compra.

Para as encomendas com até dois quilos, existem três diferentes modalidades de envio:

  • Prime Express: é a mais rápida de todas, prometendo a entrega no endereço do destinatário em até 12 dias úteis após a liberação da Receita Federal. Além disso, ela possui rastreamento a cada etapa da entrega, com o código de rastreio iniciando com a letra L. Na entrega, é necessário assinar o recebimento e não há indenização ao remetente em caso de extravio ou sinistros que ocorram antes da entrega ao destinatário.
  • Pequena encomenda registrada: Possui prazo de entrega de 40 dias úteis após liberação da Receita Federal. Há rastreamento, mas ele só informa os momentos de chegada da remessa no país e de saída para entrega ao destinatário, com código de rastreio iniciando com a letra R. Também há a coleta da assinatura na entrega e há indenização ao remetente em caso de extravio ou sinistros.
  • Pequena encomenda simples: Também possui o prazo de 40 dias úteis após a liberação da Receita Federal, porém não dispõe da possibilidade de rastreamento em nenhuma das etapas. Assinaturas não são coletadas na entrega da encomenda, que não gera indenizações aos remetentes.

Já para encomendas entre dois e 30 quilos, há duas opções disponíveis:

  • EMS: Com prazo de entrega de até 3 dias úteis após a liberação da Receita Federal, possui rastreamento completo iniciado pela letra E, coleta de assinaturas na entrega e indenização ao remetente.
  • Colis Postaux: O prazo de entrega após liberação da Receita Federal é de 7 dias úteis e possui rastreamento completo, iniciado pela letra C. Há coleta de assinatura no recebimento e indenização ao remetente.

Outra informação que os vídeos trazem é que atrasos podem ocorrer em casos de endereços incompletos ou incorretos, ausência do CEP e até mesmo etiquetas de endereçamento com baixa qualidade de impressão, dificultando a triagem dos pacotes, que nesses casos precisa ser feita de forma manual.

Vale ressaltar que esses prazos dos Correios são válidos a partir da liberação da encomenda pela Receita Federal. Ou seja: quando sua compra internacional fica parada em Curitiba por semanas, ou até mesmo meses, essa demora acontece por conta do processo de checagem da Receita, que precisa determinar se haverá ou não a cobrança dos devidos impostos de importação. Somente após essa liberação que os Correios podem, enfim, prosseguir com a logística da entrega.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.