Aba do Google Shopping permitirá exibição gratuita de produtos

Por Rui Maciel | 06 de Outubro de 2020 às 15h35
Google
Tudo sobre

Google

Saiba tudo sobre Google

Ver mais

Além de apresentar as tendências para a Black Friday 2020, o Google anunciou nesta terça-feira que permitirá a listagem gratuita de produtos na aba do Google Shopping aqui no Brasil. A funcionalidade estará disponível a partir da segunda quinzena de outubro.

Na prática, isso significa que quando um consumidor procurar um produto específico, como uma peça de roupa, os resultados da busca exibidos na aba Google Shopping serão, em sua maioria, listagens gratuitas. A novidade vai ajudar e-commerces a se conectarem com possíveis compradores, sem que faça diferença se ele anunciar ou não no Google.

Até agora, se um e-commerce quisesse mostrar seus produtos na aba do Google Shopping, era preciso fazer o upload das informações por meio da plataforma do Merchant Center e depois veicular as campanhas publicitárias pelo Google Ads.

Com a mudança, varejistas brasileiros poderão usar as listagens não pagas da aba do Google Shopping através do Merchant Center para se conectar com os usuários que usam a plataforma para encontrar produtos. O processo será totalmente sem custos, independente dos e-commerces terem ou não campanhas de Google Ads.

Aba de listagem gratuita de produtos no Google Shopping (Foto: Divulgação / Google)

Para as empresas que já usam o Merchant Center, nenhum esforço adicional será necessário. As listagens não pagas serão um complemento para aumentar o alcance de suas campanhas publicitárias. A central de ajuda do Google traz mais detalhes sobre como participar da listagem de produtos não paga.

Como funciona a aba do Google Shopping

A aba do Google Shopping é uma das seções que aparecem na barra superior do mecanismo de busca da empresa. Ela também pode ser acessada diretamente pelo site de mesmo nome. Nela, a listagem de produtos traz informações como preço, imagem, disponibilidade, entre outros dados.

Para os consumidores que acessam a aba do Google Shopping, a mudança aumentará a variedade de produtos e lojas ao pesquisarem por um produto. A ideia, segundo a companhia, é que o usuário consiga achar o que procura com mais rapidez, bem como comparar as opções disponíveis nos e-commerces que usam a plataforma.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.