Steve Jobs dizia acreditar na eficiência do trabalho remoto já em 1990

Steve Jobs dizia acreditar na eficiência do trabalho remoto já em 1990

Por Natalie Rosa | 09 de Julho de 2020 às 21h00
Reprodução

Com a chegada da pandemia do novo coronavírus e, consequentemente o isolamento social, muitas pessoas conseguem continuar trabalhando normalmente de forma remota. Mesmo dentro de casa, felizmente, algumas empresas conseguem manter o contato com seus funcionários graças aos diversos aplicativos de conversa que possibilitam essa interação, além de outras ferramentas para bate-papos em vídeos, ideais para reuniões.

Mas nem sempre o trabalho remoto acontece como uma prioridade dentro de uma empresa, sendo apenas uma opção para casos extremos. Algumas, por outro lado, preferem trabalhar dessa forma há algum tempo e já descobriram ser uma ótima possibilidade. Não é de hoje, no entanto, que o home-office começou a ser observado como uma tendência. Steve Jobs, fundador da Apple, falou sobre o assunto há 30 anos.

Em uma entrevista com o jornalista Jon Erlichman, Jobs, que faleceu em 2011, conversou sobre como a tecnologia pode transformar a forma em que trabalhamos. "Estamos descobrindo que podemos reorganizar as nossas companhias de forma eletrônica e rapidamente, e esse é o único tipo de organização que pode começar a acompanhar as mudanças das condições de trabalho", disse Jobs.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

(Imagem: Reprodução)

O fundador da Apple contou ainda na entrevista que, na época, estava observando as empresas crescerem de forma muito rápida a cada ano, e que muitos fatores não poderiam acompanhar tudo isso. "Não podemos ter alguém trabalhando para um novo chefe toda semana. Também não podemos mudar nossa organização geográfica rapidamente. Não podemos mover pessoas pelo país toda semana. Mas podemos mudar uma organização eletrônica assim", disse o executivo.

Jobs também contou ao repórter que a mudança já estava acontecendo com os computadores, que podiam se conectar um ao outro através de redes sofisticadas e ótimas interfaces de usuário, e que isso tornaria possível a criação de grupos de pessoas que estão executando um trabalho em comum. "Essas pessoas poderiam trabalhar juntos de maneira eficiente independente de onde estão geograficamente", pontuou.

Assista ao trecho da entrevista (em inglês):

Na época da declaração, em 1990, somente 0,5% dos computadores de todo o mundo estavam conectados na internet, mas Jobs conseguiu usar a sua visão de modernidade e prever como funcionariam os locais de trabalho. Hoje, existem diversas empresas que trabalham com colaboradores de forma remota e eles não precisam estar na mesma cidade, estado ou, até mesmo, país e continente.

Talvez, a pandemia que não era nada esperada acabe se tornando a responsável a mostrar a efetividade desta nova forma de trabalho, e felizmente isso vem sendo possível graças às tecnologias que foram implementadas e evoluíram ao longo destes 30 anos.

Fonte: Cult of Mac

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.