De quarentena do coronavírus, italianos cantam “Bella Ciao” das janelas; veja

Por Fidel Forato | 14 de Março de 2020 às 10h00
Netflix

Todo fã de La Casa de Papel - série espanhola do Netflix que acompanha um grupo de ladrões, liderados pelo Professor (Álvaro Morte), em assaltos ambiciosos - já conhece a música Bella Ciao. Afinal é um dos símbolos do programa e viralizou junto ao sucesso da trama. O que pouca gente sabe é que a canção é de origem italiana e foi um hino da resistência no país contra o fascismo de Benito Mussolini e das tropas nazistas durante a Segunda Guerra Mundial.

Popularizada pela série La Casa de Papel, música Bella Ciao é cantada por italianos em quarenta (Foto: Reprodução/ Netflix)

Agora, quando a Itália cai novamente em uma crise, só que dessa vez de saúde pública, a canção volta a ser entoada pelas ruas, enquanto a população vive em quarentena. Desde segunda-feira (9), vigora um decreto de quarentena para toda a Itália que proíbe deslocamentos pelo país, em uma tentativa de conter a pandemia do novo coronavírus SARS-CoV-2.

A ação drástica foi tomada depois que a Itália registrou mais de 15 mil casos da COVID-19 e mais de mil mortes em decorrência da infecção respiratória, segundo dados da Universidade Johns Hopkins. Por isso, esse estado de quarentena deve vigorar até dia 3 de abril e impõe uma série de regras rígidas a toda a população, com o próprio primeiro-ministro, Giuseppe Conte, solicitando que os cidadãos fiquem em casa. Inclusive, eventos foram suspensos, junto a operação de bares e restaurantes que devem fechar depois das 18 horas, por exemplo.

Além disso, os italianos que tiverem de viajar terão que preencher antes um documento, onde deve ser declarado os motivos do deslocamento e levar esse papel consigo, sob o risco de multa. Nesse cenário desolador, nada mais nostálgico e melancólico que cantar pelas janelas de cidades, como Roma, Nápoles e Turim que cantar Bella Ciao, que fala sobre a iminência da morte diante da impotência.

Isso porque mesmo que muito popular durante a luta contra o fascismo, sua melodia seria ainda mais antiga e fazia parte das canções populares, entoadas por camponeses que colhiam arroz, no norte da Itália, durante o século XIX.

Frente a esses cantos coletivos da canção com italianos do século XXI e também outras músicas - afinal estão todos em casa -, uma série de vídeos são divulgados pelos próprios moradores no Twitter, como os vídeos feitos pela comunicadora Jessica Phelan, disponibilizado acima.

Fonte: Com informações da BBC (1) e (2)

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.