Casal troca “alianças virtuais” como tokens não-fungíveis NFT durante casamento

Por Ramon de Souza | Editado por Claudio Yuge | 05 de Abril de 2021 às 23h20
Reprodução/Rebecca Rose (via Twitter)

A febre dos tokens não-fungíveis (non-fungible tokens ou NFTs, no original em inglês) chegou para ficar. Porém, enquanto tal mercado está sendo alimentado por um volume massivo de artistas e influenciadores digitais tentando vender memes, vídeos e peças de arte digital, um casal norte-americano resolveu usar tal tendência de uma forma muito mais romântica: eles atrelaram tokens às suas alianças de casamento e trocaram tais bens digitais durante a cerimônia, selando o matrimônio permanentemente na rede blockchain.

Peter Kacherginsky e Rebecca Rose — ambos funcionários da Coinbase, famosa corretora de criptomoedas — organizaram uma festa seguindo a tradição judaica, religião da qual ambos são adeptos. Porém, basta reparar nas fotos para ver que os dois estão segurando seus celulares o tempo todo, e não é à toa: além de trocar alianças físicas, eles também criaram e trocaram dois tokens únicos que foram batizados como “Tabaat” (que significa “anel” em hebraico). Como só existem dois tokens do tipo no mundo… Bom, já sabe. Não há como fraudá-los.

O mais interessante é que, como qualquer outro criptoativo registrado na blockchain, qualquer pessoa pode consultar a posse dos Tabbats usando serviços como o Etherscan. Para deixar tudo ainda mais romântico, Peter e Rebecca embutiram nos tokens uma bela animação do artista Carl Johan Hasselrot, que retrata duas formas distintas se mesclando e transformando-se em uma só. Vale lembrar que as alianças criptográficas ficarão guardadas na carteira de criptomoedas de cada um dos recém-casados.

“O registro de como trocamos esses anéis virtuais será armazenado permanentemente na rede blockchain para que todos vejam a prova de nosso compromisso um com o outro. A blockchain, ao contrário de objetos físicos, é para sempre. É imparável, impossível de censurar e não requer permissão de ninguém. Exatamente como o amor deveria ser. O que poderia ser mais romântico do que isso?”, questionou Rebecca, comemorando a celebração em seu perfil no Twitter.

Fonte: Rebecca Rose/Twitter

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.