Steve Wozniak gostaria que Bitcoin fosse a única moeda global

Por Natalie Rosa | 05 de Junho de 2018 às 16h16
Divulgação

Steve Wozniak, co-fundador da Apple, espera que as bitcoins um dia se tornem uma única moeda global. O desejo, na verdade, foi dito primeiramente por Jack Dorsey, CEO do Twitter. "Eu compro o que Jack Dorsey disse, não que eu necessariamente acredite que isso vai acontecer, mas porque eu quero que seja assim, isso é um pensamento muito puro", contou Wozniak em entrevista à CBNC na última segunda-feira (4).

Segundo informações da CoinDesk, Wozniak adquiriu bitcoins quando ainda estavam a US$ 700, quase US$ 7 mil a menos do valor atual. Recentemente, o executivo vendeu todas as suas moedas, ficando apenas com uma, pois, segundo sua justificativa, queria apenas testar a tecnologia e não se tornar um investidor. Além das bitcoins, Wozniak possui ainda dois éters, criptomoeda da plataforma de blockchain Ethereum.

"Bitcoins são matematicamente definidas, há uma certa quantidade, há uma maneira de distribuí-la, é pura e não há corredores humanos, não há uma empresa comandando e está apenas crescendo e crescendo, e sobrevivendo. Isso para mim diz algo que é natural e a natureza é mais importante que todas as nossas convenções humanas", refletiu o executivo.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Wozniak finaliza afirmando que apesar de existirem mais de mil criptomoedas existentes, a bitcoin é a única que permanece pura por não ter que desistir de seus aspectos iniciais, como a descentralização.

Fonte: CNBC

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.