Rússia deve aceitar Bitcoin em pagamentos internacionais para fugir de sanções

Rússia deve aceitar Bitcoin em pagamentos internacionais para fugir de sanções

Por Diego Marques | Editado por Claudio Yuge | 01 de Junho de 2022 às 22h20
Envato/Formatoriginal

De acordo com uma notícia publicada nesta quarta-feira (31) pela Nasdaq, um funcionário do alto escalão do banco central russo revelou que a instituição é favorável à utilização do Bitcoin e outras criptomoedas para pagamentos internacionais. Essa seria uma alternativa para que o país consiga ampliar suas opções de transações financeiras, já que várias companhias do setor deixaram a Rússia, como forma de sanções contra as investidas do presidente Vladimir Putin na Ucrânia.

Em uma matéria publicada da CNN, no dia (12) deste mês, a secretária do Tesouro dos Estados Unidos, Janet Yellen, relatou que as sanções aplicadas à Rússia vêm causando um enorme impacto na economia do país. Recessão, inflação alta, problemas no sistema financeiro, entre outros. É sob esse pano de fundo que o governo russo tem visto as criptomoedas como uma maneira de escapar do bloqueio financeiro internacional.

Contudo, Yudeva ainda vê a adesão ao Bitcoin com ressalvas, principalmente pelo fato de as moedas digitais serem bastante utilizadas em crimes, já que as criptomoedas são quase irrastreáveis. “Ainda acreditamos que o uso de criptomoedas no país, especialmente na infraestrutura financeira da Rússia, cria grandes riscos para cidadãos e usuários." Segundo ela, esses riscos podem ser razoavelmente grandes no país.

O ministro das finanças da Rússia, Denis Manturov já havia sido questionado por jornalistas sobre o tema. “ A questão é, quando isso vai acontecer; como será regulamentado, agora que o banco central e o governo estão trabalhando ativamente nisso”.

Ou seja, de acordo com fala Manturov, é apenas questão de tempo até que Rússia torne de fato o Bitcoin e outras criptomoedas um meio de pagamento no país.

Fonte: Nasdaq

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.