Ator e produtor Seth Green tem NFTs roubadas em golpe de phishing

Ator e produtor Seth Green tem NFTs roubadas em golpe de phishing

Por Dácio Castelo Branco | Editado por Claudio Yuge | 24 de Maio de 2022 às 20h40
Reprodução/Wikimedia Commons

O ator e produtor Seth Green, conhecido principalmente pelo seu trabalho na série de comédia adulta Robot Chicken, é um conhecido entusiasta de NFTs, prometendo até mesmo criar uma animação baseada em um token não fungível da coleção Bored Ape Yatch Club que ele havia adquirido em 2021. Porém, os planos da celebridade se depararam com um problema após ele ter boa parte de suas NFTs roubadas através de um golpe de phishing.

O roubo aconteceu no começo de maio, com Green caindo em um golpe de phishing que resultou no roubo de quatro de suas NFTs pessoais — incluindo a batizada de Fred Simian, que seria o protagonista da animação planejada pelo produtor. Segundo o ator anunciou em seu Twitter, após interação com o site malicioso, os tokens não fungíveis foram transferidos de sua carteira para um endereço cripto desconhecido.

Segundo o site Motherboard, às quatro NFTs foram vendidas pelos ladrões, com Fred Simian em especial sendo arrematado pelo valor de US$ 200 mil e transferido para coleção “GBE_Vault”, de DarkWing84, onde ele se encontra até o fechamento dessa matéria.

Os problemas de copyright do mundo das NFTs

As NFTs ainda são produtos relativamente novos, o que faz com que questões de direitos de uso comercial e copyright delas ainda sejam pouco exploradas juridicamente. Na maioria dos casos, para tentar deixar as especificações desses conteúdos menos nebulosas, alguns artistas, como o responsável pela Bored Ape Yatch Club, oferecem junto da compra dos tokens não fungíveis o direito do uso da imagem pelo portador em outras mídias.

A questão é que DarkWing84, após comprar Fred Simian dos ladrões de NFT, se tornou efetivamente o portador do token, fazendo com que caso Seth Green queira continuar seu projeto de animação, ele precise prestar contas para o atual dono dos seus tokens não fungíveis roubados.

Green parece ter noção dessas questões, procurando DarkWing84 no Twitter desde que a compra das NFTs foi identificada, e pedindo uma colaboração entre os dois. Não se sabe se o atual portador das imagens cripto sabe da procedência ilícita de suas compras, e até o fechamento dessa matéria ele não havia se manifestado publicamente sobre a questão.

Pelo menos os tokens não devem sair das mãos de DarkWing84, já que o marketplace OpenSea, em que as transações foram realizadas, anunciou que congelou a movimentação com às quatro NFTs roubadas de Green, impedindo assim que elas possam ser vendidas.

Fonte: BuzzFeed News

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.