Publicidade

7 motivos para você começar uma nova carreira no mundo digital

Por| Editado por Claudio Yuge | 18 de Agosto de 2022 às 15h20

Link copiado!

Reprodução/Envato/simonapilolla
Reprodução/Envato/simonapilolla

A indústria de tecnologia é um dos setores que conseguiram se manter relativamente estável e apresentou bom desempenho em relação aos cenários macroeconômicos dos últimos anos. Mesmo com a alta inflação e desvalorização das principais moedas do mundo, o setor tem mantido seu crescimento, mostrando-se como um segmento promissor.

Vale destacar que empresas que atuam no setor destacam que esse crescimento pode ser afetado devido a dois fatores: um deles é a falta de mão de obra especializada; e o outro é a baixa oferta de ferramentas de aprendizagem de qualidade nas principais universidades, especialmente na América Latina.

No nosso país, uma estimativa da Brasscom (Associação das Empresas de Tecnologia de Informação e Comunicação (TIC) e de Tecnologias Digitais) aponta que, somente em 2022, o setor de tecnologia tem cerca de 133 mil vagas abertas e não preenchidas. A associação também destaca que apenas 55 mil profissionais são formados anualmente, essa lacuna pode causar um “apagão tecnológico” no país, enquanto chega a cerca de 800 mil vagas até 2025.

Continua após a publicidade

Profissionais têm buscado vagas no “mundo digital”, que tem sido visto por estes como um plano B, quando decidem sair de trabalhos relacionados a uma carreira tradicional, para se tornarem cientistas de dados, desenvolvedores de softwares, engenheiros em nuvem, entre outros.

Para entender melhor as vantagens e as oportunidades de emprego no ambiente digital, veja sete motivos para incentivar você a estudar uma mudança profissional.

Flexibilidade e trabalho remoto

O Canaltech está no WhasApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

Uma pesquisa da CondinGame revelou que 70% dos desenvolvedores de software preferem trabalhar remotamente. Nesse sentido, vale destacar que para mercado digital, não há barreiras físicas. Profissionais desse segmento podem atuar de casa ou de qualquer lugar, existem oportunidades de trabalho no mundo todo sem se preocupar com a cidade de residência.

O segmento também permite que estes profissionais possam desfrutar de uma autonomia no trabalho que possibilita conquistar um maior equilíbrio entre a rotina profissional e a vida pessoal.

Salários maiores que a média

Em questão de salários, o setor de tecnologia é um dos que oferece remunerações acima da média comparados a vários outros segmentos. Dados do Guia Anual da Robert Half, revelam que profissionais como cientistas de dados, desenvolvedores de software ou engenheiros em nuvem tem ganhos iniciais de R$ 7.500 em média.

Continua após a publicidade

Contratação mais rápida

O crescimento exponencial do setor nos últimos anos, fez disparar as vagas de trabalho, e, consequentemente, fez aumentar a procura por novos talentos da área. Comparado a outros setores, a indústria de tecnologia é uma das poucas que disponibiliza plataformas especializadas na captação de talentos.

Uma delas é a Turing, uma plataforma que conecta desenvolvedores de software a oportunidades de trabalho remotas nas maiores empresas dos Estados Unidos.

Continua após a publicidade

A empresa consegue intermediar a contratação de profissionais brasileiros em menos de cinco dias e ainda economiza mais de 50 horas que seriam gastas com entrevistas.

Educação e treinamentos não tradicionais

Outro motivo que diferencia o setor de tecnologia dos segmentos tradicionais, é que os cursos e certificações precisam de três a seis meses para adquirir o conhecimento e habilidades necessárias para trabalhar como um gerente de tráfego, cientista de dados, desenvolvedores de software ou engenheiro de nuvem, entre outros trabalhos digitais, acelerando a entrada no mercado de trabalho.

Mais oportunidades de crescimento profissional

Continua após a publicidade

A maioria das vagas é focada na melhoria de processos, obtendo resultados rápidos e agilizando a gestão das atividades. Esses profissionais estão em constante aprimoramento de suas habilidades técnicas e humanas, o que permite acessar cargos com maiores responsabilidades e melhores salários.

Além disso, graças a democratização do trabalho remoto, os profissionais do “mundo digital” podem se candidatar a oportunidades de trabalho no mundo todo, um fator ainda limitado em outros setores.

Diversidade e Inclusão

Continua após a publicidade

O segmento é bastante democrático, com equipes são multiculturais, promovendo intercâmbio cultural e melhores práticas de trabalho entre colegas de diferentes regiões do mundo por meio do trabalho remoto.

Algumas empresas do setor buscam incorporar profissionais digitais em suas equipes, e têm um forte compromisso com a diversidade e a inclusão. Por exemplo, os processos de recrutamento e gestão de talentos da Turing usam Inteligência Artificial para determinar padrões de habilidades recorrentes e alta demanda.

Com isso, é possível avaliar o perfil dos candidatos independentemente de gênero, idade, etnia, orientação sexual, deficiência ou qualquer outra variável que historicamente impede grupos minoritários de terem acesso a oportunidades de trabalho.

Definindo o futuro do trabalho

Continua após a publicidade

Um aspecto bastante comum em quase todas as profissões associadas ao mercado digital é que o setor atua no desenvolvimento, aprimoramento e planejamento de novos aplicativos, produtos ou serviços digitais que vão atuar diretamente no dia a dia das pessoas.

O futuro de vários setores é sustentado por carreiras relacionadas a TI, segurança cibernética, nuvem, desenvolvimento de software, design de UX/UI, análise e ciência de dados; assim, os profissionais dessas carreiras estão lançando as bases para o futuro de suas vidas profissionais e pessoais.