Unreal Engine 5 é anunciado com gráficos ultrarrealistas em demonstração no PS5

Por Claudio Yuge | 13 de Maio de 2020 às 19h30
Epic Games

A Epic Games anunciou na tarde desta quarta-feira (12) o que deve ser o principal engine para os games da próxima geração. O Unreal Engine 5 foi mostrou uma impressionante qualidade gráfica, com milhares de detalhes nas texturas de objetivos e iluminação dinâmica que acrescenta realismo aos gráficos ultrarrealistas.

A revelação destacou os dois principais recursos do motor para games, com um vídeo de demonstração do software rodando no PlayStation 5 — como o Xbox Series X processa de dois a três teraflops a mais que o console da Sony, então é bem possível que rode ainda mais suave no videogame da Microsoft.

A primeira grande diferença em relação ao Unreal Engine 4, amplamente utilizado por diversas desenvolvedoras desde 2014, é a ferramenta Lumen, uma solução de iluminação global totalmente dinâmica, capaz de reagir imediatamente às mudanças de ambiente e luz. A segunda é a Nanite, uma geometria de micropolígono virtualizada que permite aos artistas criar detalhes a partir de dezenas e até centenas de bilhões de triângulos e hexágonos.

O Unreal Engine 5 é projetado de forma que os títulos desenvolvidos com o Unreal Engine 4 possam ser atualizados com a nova geração e deve atender tantos os consoles atuais quanto o PlayStation 5 e o Xbox Series X, além dos PCs Windows 10, Mac, iOS e Android.

Performance da demo no PS5 deixa um pouco a desejar

Por enquanto, só o que decepcionou foi o fato da demonstração no PS5 ter suportado apenas 30 quadros por segundo, sem a presença da tecnologia geradora de imagens tridimensionais Ray-Tracing e renderização de apenas 1440p. O vice-presidente da Epic Games, Nick Penwarden, admitiu que o software roda em um desempenho abaixo do esperado para a próxima geração, contudo, destacou sua solução com resolução dinâmica.

Novo recurso chamado Nanite permite renderizar imagens com dezenas de bilhões de micropolígonos
(Reprodução/Epic Games)

“Curiosamente, ele também funciona muito bem com nossa técnica de resolução dinâmica. Portanto, quando a carga da GPU fica alta, podemos diminuir um pouco a resolução da tela e depois podemos nos adaptar a isso. Na demonstração, na verdade, usamos resolução dinâmica, embora ela seja renderizada em 1440p na maior parte do tempo”, explicou.

O Unreal Engine 5 poderá ser pré-visualizado no início de 2021, contudo, motor completo da Epic Games só deve ser lançado mesmo no final do próximo ano.

Fonte: Windows Central  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.