Sony corta produção de PS5 em 6%, afirma agência

Sony corta produção de PS5 em 6%, afirma agência

Por Lucas Arraz | Editado por Bruna Penilhas | 11 de Novembro de 2021 às 19h14
Kamil S/Unsplash

De acordo com a agência de notícias Bloomberg, a Sony reduzirá a produção de PlayStation 5 em 6% nos próximos meses. Mesmo com a demanda alta e a falta de estoques do videogame pelo mundo, a empresa precisará desacelerar a produção devido a crise dos semicondutores, que leva a escassez de componentes necessários para a fabricação do console. O fato deve tornar ainda mais difícil o abastecimento de estoques do aparelho no mercado.

Ainda segundo a reportagem, a Sony reduziu a meta de PS5 montados para o próximo ano fiscal de 16 milhões de unidades para 15 milhões. No último ano, mesmo com a falta de estoques, o PlayStation 5 vendeu cerca de 14 milhões de unidades, faixa que deve ser mantida com a limitação na produção.

Para ajudar a sanar o problema com a falta de componentes, a Sony fechou uma parceria com a Taiwan Semiconductor Manufacturing (TSMC) para construir uma fábrica de chips no Japão. O empreendimento conta um um investimento de US$ 7 bilhões, cerca de R$ 38 bilhões na cotação atual.

A Sony não foi a única empresa de videogames que precisou reduzir a estimativa de produção por conta da crise de componentes. Mesmo com a alta demanda, a Nintendo também passará pelos cortes. A companhia do Mario vai produzir 20% menos consoles Nintendo Switch nos próximos meses.

Switch OLED foi lançado pela Nintendo em Outbro de 2021 (Imagem: Divulgação/Nintendo)

A japonesa planejava fabricar 30 milhões de unidades do console híbrido até março de 2022, mas só será capaz de atingir a marca de 24 milhões. O problema atinge diretamente a produção e o atendimento à demanda do novo modelo OLED do Nintendo Switch, lançado em outubro deste ano.

Fonte: Bloomberg

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.