Entenda o que a Microsoft permitirá você a fazer ou não com os jogos no Xbox One

Por Redação | 07.06.2013 às 12:00

A Microsoft deixou algumas questões complicadas no ar durante seu evento de lançamento do Xbox One, envolvendo o uso de jogos antigos ou usados no console e a possível conexão constante com a internet. E em uma tentativa de explicar algumas perguntas, a companhia publicou nesta quinta-feira (6) respostas para questões levantadas sobre o One em seu blog oficial.

Com as respostas, a empresa tem planos de acalmar os ânimos antes de sua tão aguardada apresentação durante a conferência E3 deste ano, que acontece entre os dias 10 e 13 de junho em Los Angeles, Estados Unidos. Confira abaixo uma seleção com perguntas e respostas proposta pelo pessoal do site VentureBeat sobre o uso de jogos e outros temas no Xbox One:

1. Posso jogar jogos usados no meu Xbox One?

Sim, mas com algumas restrições. A Microsoft afirmou que não irá cobrar qualquer taxa adicional para a revenda de jogos, mas permitirá que as produtoras de jogos cobrem taxas sobre a revenda de jogos usados, se assim desejarem. Você poderá trocá-los por outros jogos ou créditos em lojas credenciadas e a gigante do software se reserva ao direito de, no futuro, cobrar alguma taxa.

2. Posso jogar jogos alugados no meu Xbox One?

Não. A Microsoft afirma que poderá trabalhar em conjunto com outras empresas para tornar essa função possível em um futuro próximo. A possibilidade de pegar jogos emprestados ou alugar não estará disponível em seu lançamento através de lojas como a Gamefly, por exemplo.

xbox one

Foto: Divulgação

3. Posso compartilhar jogos com amigos e familiares?

Sim, mas com algumas restrições. Até dez pessoas de sua família poderão compartilhar do mesmo jogo através de uma biblioteca em qualquer Xbox One. E a empresa também permitirá que qualquer membro da sua família jogue através de sua biblioteca de games compartilhada.

Você só poderá compartilhar jogos com seus amigos que estiverem em sua lista de contatos na Xbox Live por até 30 dias. Cada jogo poderá ser compartilhado apenas uma vez e ainda não se sabe se o recurso estará disponível para todos os usuários da Live ou apenas para os assinantes da Live Gold.

4. Meu Xbox One terá que estar sempre conectado com a internet?

Não. Mas a empresa afirma que o usuário deverá se conectar ao menos uma vez por dia na sua conta na Live para que seus jogos não corram o risco de perder qualidade em seu desempenho. Uma das razões para isso é que parte dos jogos para o Xbox One poderá ser acessada a partir da nuvem.

5. Qual a velocidade mínima que a minha conexão com a internet deve ter?

A Microsoft recomenda que a conexão seja de pelo menos 1,5Mbps e, por enquanto, ainda não se sabe como conexões mais lentas poderão afetar o desempenho dos jogos.

6. Existe algum risco de o One exigir conexão com a internet?

Alguns jogos são tão populares que poderão comprometer o funcionamento de servidores como, por exemplo, quando os jogos que exigem conexão constante como 'SimCity' e 'Diablo III' ficaram alguns dias fora do ar devido à grande demanda. Jogadores que estão preocupados com sua privacidade podem não querer que seus consoles estejam conectados constantemente e ainda não se sabe se os usuários com conexão dial-up poderão encontrar problemas também.

7. Quais benefícios a Microsoft oferece por exigir conexão com a internet constante?

A empresa alega que com este recurso os usuários não precisarão aguardar para que aplicativos e serviços sejam atualizados e poderão usar seus consoles a qualquer hora. Além disso, você poderá ficar constantemente conectado com seus amigos e, se você permitir, eles poderão até interromper seus filmes e jogos para bater papo.

Outra possibilidade garante que os jogadores acessem todos os títulos armazenados em sua biblioteca sem a necessidade de usar uma mídia ou disco externo. Você poderá simplesmente acessar o jogo, instalá-lo e uma cópia digital é automaticamente armazenada em sua biblioteca no Xbox One. E você ainda poderá comprar produtos online para download diretamente em seu console.

8. Se eu estiver assistindo a um filme, eu tenho que estar conectado?

Não. Você poderá assistir à filmes em DVD e Blu-Ray sem estar conectado.

Kinect Xbox One

Reprodução: Neowin

9. Qual é a posição da Microsoft sobre a privacidade com relação ao Kinect, que pode coletar dados, incluindo fotos e vídeos, do que os usuários estão fazendo em sua sala de estar?

A nova versão do Kinect que será lançada no segundo semestre é equipada com uma câmera de altíssima resolução que é capaz de capturar tudo que acontece em sua sala de estar. A tecnologia de câmera de profundidade em 3D também é capaz de detectar seus movimentos com um ângulo de visão mais amplo, permitindo que o Kinect capte os movimentos e expressões faciais de até seis pessoas ao mesmo tempo. Além disso, a tecnologia é capaz de reconhecer rostos e vozes para fazer logins e até identificar seus batimentos cardíacos.

A Microsoft afirma que você poderá optar pelas funções no novo Kinect. "Você poderá determinar o quão ágil e personalizado o seu Xbox One é para você e sua família durante o processo de instalação. O sistema irá conduzi-lo através de opções de privacidade, como login automático ou manual, configurações de privacidade, e notificações com informações claras sobre como os dados são usados. Quando o Xbox One está ligado e você está conversando com alguém em sua sala, a conversa simplesmente não está sendo gravada", disse a empresa.

E os usuários ainda terão a possibilidade de programar o Kinect com comandos de voz para que ele ligue, desligue ou permaneça em modo pausado.

10. Quais são os órgãos reguladores que estão preocupados com o Kinect 2?

Autoridades alemãs iniciaram uma série de investigações sobre privacidade ao saber das possibilidades do novo sistema. Mas, até o momento, nenhum órgão regulador nos Estados Unidos iniciou qualquer tipo de investigação sobre o aparelho.

11. Os jogos exigirão que o Kinect esteja ligado?

A Microsoft afirma que alguns jogos e aplicativos podem exigir que o acessório esteja ligado como, por exemplo, um jogo de fitness que poderá utilizar o Kinect para medir sua frequência cardíaca e lhe proporcionar uma análise mais completa sobre o seu treino. No entanto, a empresa afirma que os dados de seus usuários serão mantidos em sigilo e não serão oferecidos a terceiros.