Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Por que gostamos de séries muito intensas, como Euphoria?

Por| Editado por Luciana Zaramela | 31 de Janeiro de 2022 às 08h30

Link copiado!

HBO
HBO

Já explicamos o que são comfort series e o efeito que causam no cérebro, mas nem só de conforto vivem os espectadores. Em um caminho totalmente oposto, séries como Euphoria, que teve a segunda temporada lançada recentemente, acabam nos prendendo justamente por conta de suas intensas emoções. Frente a isso, cientistas tentam entender por que gostamos dessas produções tão emocionalmente carregadas e explicam o que fazer para não se abalar tanto.

Em entrevista ao Huffpost, a psicóloga Sabrina Romanoff afirma que pode ser reconfortante ver personagens amados colocados em uma situação intensa e desconfortável, pois "percebemos que não estamos sozinhos nos desafios aparentemente intransponíveis que enfrentamos".

Por sua vez, o psicólogo Timothy Schlairet reflete que esse tipo de conteúdo oferece um ambiente seguro no qual é possível antecipar os tipos de emoções que serão ativadas ao assistir. "Somos mais eficazes na forma como respondemos e administramos essas emoções. É possível pausar, afastar da tela e processar exatamente o que está acontecendo. Isso difere da vida real, especificamente porque não podemos prever com que frequência e de que maneira muitas situações nos afetarão emocionalmente”, explica o especialista.

Continua após a publicidade

A conclusão é que observar os medos e preocupações que se originam nas mentes dos outros em programas e ver comentários que validam essas preocupações têm efeitos calmantes. Isso tem até um nome: identificação projetiva.

Como não deixar esse conteúdo abalar a saúde mental?

Apesar desse efeito de identificação projetiva, as séries continuam intensas e pesadas. Para garantir que esse tipo de conteúdo não abale a saúde mental, os especialistas trazem algumas dicas do que fazer após um ou dois episódios:

Continua após a publicidade
  • Processar quaisquer sentimentos que surgirem e lembrar-se de que são passageiros
  • Tirar um tempo para processar esses sentimentos
  • Descobrir qual emoção está sentindo e entender se há algum acontecimento da sua vida por trás disso

Os especialistas também mencionam uma terapia comportamental baseada em temperatura, exercício intenso, respiração e relaxamento muscular. Seguem algumas atividades que podem ajudar a superar esse "trauma" causado pela série:

  • Molhar o rosto com água fria, tomar um banho frio, beber um chá morno ou ficar debaixo de um cobertor grosso
  • Fazer polichinelos, correr ou levantar pesos
  • Praticar respiração compassada (inspirar profundamente pelo nariz por quatro segundos e expirar pela boca por seis segundos)
  • Fazer relaxamento muscular, começando pela parte superior do corpo.

Fonte: Huffpost