O que é sociopatia? Saiba como diferenciar um sociopata de um psicopata

O que é sociopatia? Saiba como diferenciar um sociopata de um psicopata

Por Nathan Vieira | Editado por Luciana Zaramela | 04 de Agosto de 2021 às 17h00
Tetiana SHYSHKINA/Unsplash

É relativamente comum que as pessoas usem o termo "antissocial" para se referir a quem não tem habilidade em fazer novas amizades e não tem o costume de frequentar lugares com muitas pessoas. No entanto, ser antissocial de verdade vai muito além, considerando que existe o transtorno de personalidade antissocial, mais conhecido como sociopatia.

As pessoas sociopatas não conseguem entender os sentimentos dos outros, e frequentemente quebram as regras ou tomam decisões impulsivas sem culpa alguma pelo mal que causam. Podem também podem usar “jogos mentais” para controlar os outros. 

Como é feito o diagnóstico da sociopatia?

A sociopatia é parte de uma categoria de transtornos de personalidade caracterizados por comportamentos negativos persistentes. Os sociopatas podem não perceber que possuem essas características, e podem viver suas vidas inteiras sem um diagnóstico.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Mas para chegar ao diagnóstico, o comportamento da pessoa normalmente deve mostrar um padrão de algumas características:

  • Não respeitar as normas ou leis sociais, consistentemente fugindo da lei
  • Mentir, usa identidades ou apelidos falsos e usar terceiros para ganho pessoal
  • Não fazer planos de longo prazo, agindo sem pensar nas consequências
  • Comportamento agressivo, sempre se envolvendo em brigas ou prejudicando fisicamente os outros
  • Não levar em consideração a própria segurança ou a segurança dos outros
  • Não acompanhar responsabilidades pessoais ou profissionais
  • Não sentir culpa ou remorso por ter prejudicado ou maltratado outras pessoas

Outros possíveis sintomas de sociopatia podem incluir frieza, ou seja, não mostrar emoções ou investir na vida de outras pessoas; a utilização do humor, inteligência ou carisma para manipular os outros; senso de superioridade e opiniões fortes e inabaláveis; incapacidade de manter amizades e relacionamentos positivos e vício em drogas, álcool ou outras substâncias.

Outras maneiras de diagnosticar a sociopatia incluem avaliar os sentimentos, pensamentos, padrões de comportamento e relacionamentos pessoais, conversar com pessoas próximas a ela sobre seus comportamentos, avaliar o histórico médico, etc.

Sociopatia é "quase" uma psicopatia (Imagem: ahmed zid/Unsplash)

Qual a diferença entre sociopata e psicopata?

A maioria dos especialistas acredita que psicopatas e sociopatas compartilham um conjunto semelhante de características, mas uma diferença fundamental entre um psicopata e um sociopata é que um psicopata simplesmente não tem consciência do que é errado. Não há nenhum escrúpulo moral. Já o sociopata normalmente tem uma consciência, mas é fraca. Pode saber que determinada atitude é errada e sentir alguma culpa ou remorso, mas isso não impedirá seu comportamento.

Outra diferença é que os sociopatas são considerados como "cabeças-quentes", ou seja: agem sem pensar como os outros serão afetados. Já os psicopatas são mais “frios” e calculistas. Planejam cuidadosamente seus movimentos e usam a agressão de forma planejada para conseguir o que desejam. 

Tratamento

Geralmente, as pessoas com transtorno de personalidade antissocial recebem acompanhamento de longo prazo. O tratamento pode não ser bem-sucedido se a pessoa não estiver disposta a cooperar. De qualquer forma, os possíveis tratamentos incluem psicoterapia, terapia cognitivo-comportamental e uso de medicamentos.

Nesse último caso, não há medicação específica para o tratamento de transtorno de personalidade antissocial, mas o paciente pode receber medicamentos para transtornos mentais associados, como ansiedade, depressão e comportamento agressivo.

Fonte: Healthline, WebMD

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.