Estudo descobre característica que torna psicopatas camuflados na sociedade

Estudo descobre característica que torna psicopatas camuflados na sociedade

Por Nathan Vieira | Editado por Luciana Zaramela | 16 de Outubro de 2021 às 08h00
nanihta/envato

A psicopatia é um transtorno de personalidade que há muito intriga os especialistas. Um artigo publicado na American Psychologial Association identificou uma característica que separa psicopatas "bem-sucedidos" em seus planos: a capacidade de suprimir a parte agressiva de sua personalidade, algo que acaba facilitando para que se camuflem na sociedade sem suspeitas.

O estudo, que foi conduzido entre adolescentes infratores, possibilitou descobrir que os jovens com psicopatia elevada mostram aumentos mais fortes no controle e na inibição da agressão ao longo do tempo. A psicopatia é caracterizada por falta de empatia, tendência a manipular os outros e comportamento anti-social. No entanto, pessoas com altos níveis de psicopatia nem sempre se envolvem com violência ou criminalidade, e muitas delas conseguem se integrar bem à sua comunidade. Os integrantes desse subconjunto acabam sendo batizados como psicopatas "bem-sucedidos".

(Imagem: Luis Villasmil/Unsplash)

A análise durou sete anos e incluiu mais de 1 mil adolescentes de 14 a 17 anos. O estudo funcionava assim: a cada seis meses, os jovens completavam avaliações de traços da psicopatia, controle de impulso e supressão de agressão. Eles também eram questionados se haviam se envolvido em algum crime desde a avaliação anterior, e os que reincidiam eram considerados "mal-sucedidos", enquanto aqueles que não reincidiram foram considerados "bem-sucedidos".

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Os pesquisadores descobriram que os níveis iniciais de traços de psicopatia dos jovens estavam ligados a aumentos no controle do impulso e na supressão da agressão ao longo do tempo. Os resultados ilustram a importância de considerar os diferentes fatores da psicopatia e o controle dos impulsos como aspectos importantes da personalidade anti-social. O estudo completo pode ser acessado aqui

Fonte: Psypost

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.