Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Por que os trailers da CinemaCon não são liberados ao público?

Por| Editado por Durval Ramos | 11 de Abril de 2024 às 12h54

Link copiado!

Divulgação/CinemaCon
Divulgação/CinemaCon

A CinemaCon 2024 está chegando ao fim. O maior evento da indústria cinematográfica de Hollywood, que acontece desde 2011 em Las Vegas, iniciou sua programação na última segunda-feira (8) e chega ao fim nesta quinta-feira (11), após as principais produtoras do mercado terem realizado suas apresentações.

Neste ano, filmes como Beetlejuice 2, Nosferatu e Michael, a cinebiografia de Michael Jackson, tiveram seus trailers exibidos na feira, além de James Gunn ter revelado o logo do novo filme do Superman, que promete ser o destaque da feira do próximo ano. Só que nada disso foi mostrado ao público do lado de fora do evento.

Continua após a publicidade

Como acontece em todas as edições da CinemaCon, o uso de celulares não foi permitido durante as exibições e os trailers do evento ficaram, ao menos nesse primeiro momento, restritos aos profissionais presentes na conferência. Uma decisão que sempre faz muita gente se questionar: por que, afinal, as imagens e trailers exibidos na CinemaCon não são liberados para o público?

Um evento de negócios

Embora seja tão importante e famosa quanto outras conferências como a CCXP, a SDCC e a D23, a CinemaCon é, diferente delas, um evento global voltado para os profissionais da indústria e não para os fãs de cinema e cultura pop. E isso muda tudo.

Segundo a própria conferência, sua finalidade é reunir representantes de diferentes áreas do cinema mundial com o intuito de apresentar as tendências e novidades do mercado. Uma programação que inclui apresentações exclusivas de produtos de Hollywood, exibições de trailers e longas-metragens e até mesmo debates sobre toda a cadeia de produção do filme — indo da exibição a distribuição, marketing e mídias sociais.

Isso significa que muitos dos trailers veiculados na feira são direcionados aos profissionais presentes no local, fazendo parte de uma estratégia de marketing voltada para esse público-alvo.

Trailers geram buzz e são teste das produtoras

Continua após a publicidade

A exibição em primeira mão funciona, ao mesmo tempo, como buzz e como teste, já que as “primeiras impressões” do filme chegam através da imprensa — despertando logo de início a curiosidade do público final —, mas também sendo um ótimo termômetro para avaliar a reação da indústria diante do “novo produto”.

Embora alguns trailers já estejam finalizados quando chegam à CinemaCon e, tempos depois, sejam de fato liberados para a audiência, muitos deles ainda não estão prontos, sendo apenas um protótipo da ideia do longa-metragem. Essa versão inicial é utilizada justamente para testar a recepção dos profissionais em relação ao filme e orientar a produtora sobre como proceder dali em diante.

Sonic, por exemplo, é o caso de um filme que se beneficiou por ter um trailer lançado na CinemaCon. Ainda não finalizado, o vídeo foi exibido no evento de 2019, sendo alvo de críticas sobre o visual do ouriço azul — opinião que ganhou ainda mais força poucos dias depois, quando uma nova versão finalizada do vídeo foi divulgada para o público.

Continua após a publicidade

Diante disso, a Paramount decidiu manter o que havia sido elogiado pelos fãs e pela indústria e revisar o visual do protagonista, lançado uma nova versão do vídeo. Uma decisão bastante acertada, que ajudou para o sucesso do título nas bilheterias.

Por outro lado, trailers já finalizados, mas que são apenas descritos pela imprensa aqui fora, ajudam a alimentar ainda mais o hype e ansiedade em torno do filme. Algo que aconteceu, por exemplo, com Barbie, que após ter seu trailer revelado na conferência do ano passado, “encantou” toda a indústria e elevou ainda mais as expectativas do público para sua exibição.

A CinemaCon 2024 se encerra nesta quinta-feira (11). Além dos filmes já citados, Coringa: Delírio a Dois e Mickey 17 também tiveram seus trailers exibidos na conferência, que contou ainda com a prévia de Furiosa: Uma Saga Mad Max e imagens inéditas de O Corvo.