10 filmes sobre aventuras e viagens no espaço

Por Douglas Ciriaco

É basicamente desde sempre que a humanidade sonha com o espaço. Seja nas referências em culturas antigas, que podem ser interpretadas como criaturas espaciais, a ideia de que os deuses eram viajantes do espaço ou mesmo a enorme quantidade de representações do Universo na literatura e no cinema.

A sétima arte é, inclusive, uma das principais maneiras encontradas pela humanidade para dar vazão à nossa curiosidade a respeito do que se passa em outros cantos do Cosmos. Então, não é nada difícil encontrar filmes que retratam isso de maneira primorosa, seja na ação, na comédia, no drama ou em um misto de tudo isto.

Leia também: No aniversário da NASA, relembre os principais feitos da agência espacial dos EUA

Se você é fã do gênero de ficção científica, é bem provável que tenha um interesse especial por este nicho cinematográfico em que a humanidade deixa a Terra para explorar o espaço. Então, nós preparamos uma lista com 10 títulos imperdíveis quando o assunto é viagens e aventuras espaciais.

1. 2001 – Uma Odisseia no Espaço

Filmes no espaço

2001: um dos principais marcos do cinema de ficção científica. (Foto: Reprodução/MGM)

O ano de 1968 trouxe ao mundo uma das grandes obras cinematográficas já realizadas em toda a história. O filme 2001 – Uma Odisseia no Espaço é primorosamente dirigido por Stanley Kubrick e tem o roteiro assinado pelo próprio cineasta e também pelo autor de ficção científica Arthur C. Clarke.

Com uma produção incrível que lhe rendeu quatro indicações ao Oscar, o filme é um marco do cinema tanto por seu aspecto técnico impecável quanto pela trilha sonora marcante. Na obra, vemos um apanhado geral da evolução humana desde a aurora do Homem até a concepção da inteligência artificial e a exploração espacial.

A história do filme é dividida em quatro grandes partes, sendo o fio central entre elas a presença de um monólito que transpassa toda a história da humanidade descrita na tela. Cenas icônicas do cinema, direção excepcional e o primeiro grande personagem de inteligência artificial da história, o computador HAL 9000, são alguns dos marcos de 2001.

2. Solaris

Filmes no espaço

Solaris: outro marco da ficção científica e contraponto soviético a 2001. (Foto: Reprodução/Criterion)

A Corrida Espacial entre Estados Unidos e União Soviética não se deu apenas no envio de satélites e astronautas para o espaço, mas também teve a sua face cinematográfica. Encarado como resposta a 2001, Solaris estreou em 1972 dirigido pelo icônico cineasta soviético Andrei Tarkovski e roteirizado por ele em parceria com Friedrick Gorenstein.

O filme é baseado no romance homônimo escrito pelo polonês Stanislaw Lem e conta a história do doutor Kris Kelvin (Donatas Banionis), um psiquiatra enviado até a uma estação espacial que orbita o planeta Solaris. Sua viagem tem como finalidade investigar estranhos acontecimentos no local e, com base em suas descobertas, decidir se as pesquisas no planeta devem ou não prosseguir.

Apesar de criticada por Lem, autor da história original, o filme foi muito bem recebido por público e crítica. O sucesso estrondoso da adaptação de Tarkovski fez com que Solaris permanecesse em cartaz na União Soviética durante 15 anos ininterruptos e ganhasse até mesmo uma refilmagem em Hollywood — Solaris, de 2002, dirigido por Steven Soderbergh.

3. Star Wars Episódio IV: Uma Nova Esperança

Filmes no espaço

Star Wars inaugura a Era dos Blockbusters. (Foto: Reprodução/20th Century Fox)

Outro marco da história do cinema, o primeiro filme da série Star Wars chegou às telonas em 1977 e mudou para sempre a concepção de grandes obras cinematográficas. Uma Nova Esperança, dirigido e roteirizada por George Lucas, mostrava a luta da Aliança Rebelde contra o Império.

Apontada com ato inaugural da Era dos Blockbusters — filmes com orçamento gigante e repercussão maior ainda —, a película deu início a uma das mais rentáveis franquias de entretenimento de todos os tempos. Além disso, é um marco da cultura pop e também da cultura nerd, reunindo milhões de fãs ao redor do planeta.

Além das referências encontradas ao filme em outras obras do cinema, Star Wars apresentou ao mundo uma série de personagens clássicos como Chewbacca (Peter Mayhew), C-3PO (Anthony Daniels), R2-D2 (Kenny Baker), Princesa Leia (Carrie Fisher), Hans Solo (Harrison Ford), Luke Skywalker (Mark Hamill) e Darth Vader (Davird Prowse e James Earl Jones).

4. Os Eleitos – Onde o Futuro Começa

Filmes no espaço

Escolha dos primeiros astronautas dos EUA a irem ao espaço também virou filme. (Foto: Divulgação/Warner Bros.)

Com direção e roteiro de Philip Kaufman, Os Eleitos – Onde o Futuro Começa retrata a seleção dos sete astronautas que participariam do programa Mercury, da NASA. Baseado em fatos reais, o filme retrata o projeto que levou os norte-americanos ao espaço pela primeira vez na história.

Além de focar nos testes que culminaram na escolha dos sete astronautas, o filme também passa por outros momentos marcantes da história do desenvolvimento espacial dos Estados Unidos. Exemplo disso é a representação do avião experimental Bell X-1, o primeiro a voar a uma velocidade superior a velocidade do som.

Desde 2013, Os Eleitos – Onde o Futuro Começa faz parte do Registro Nacional do Filme da Biblioteca do Congresso Nacional dos Estados Unidos. A obra foi definida como “cultura, histórica e esteticamente significante”, motivos utilizados para a sua preservação.

5. Aliens, O Resgate

Filmes no espaço

Aliens, O Resgate: continuação supera o original. (Foto: Divulgação/20th Century Fox)

Segundo filme da série Alien, iniciada em 1979 com o filme homônimo dirigido por Ridley Scott, Aliens, O Resgate é de 1986 e foi dirigido e corroteirizado por James Cameron. Apontados por muitos como o grande filme da franquia e um dos grandes destaques do cinema mundial quando o assunto é viagem no espaço.

Na obra, a tenente Ellen Ripley (Sigourney Weaver) desperta após um sono de hibernação de 57 anos. Seguindo os eventos do primeiro filme, ela descobre que o planeta em que foi infectada foi colonizado e então resolve retornar até ele.

Um misto clássico de terror, suspense e ficção científica, o filme apresenta um aspecto fotográfico bastante interessante, além de contar com a direção impecável de Cameron. A história é muito bem costurada, os efeitos especiais são também um destaque para a época e o resultado final foi o de um filme histórico, constantemente tratado como um dos melhores filmes já feitos.

6. Apollo 13 – Do Desastre ao Triunfo

Filmes no espaço

Tom Hanks protagoniza filme sobre a desastrosa missão Apollo 13. (Foto: Divulgação/Universal Pictures)

Outro filme baseado em fatos reais, Apollo 13 – Do Desastre ao Triunfo é de 1995 e foi dirigido por Ron Howard — o roteiro ficou a cargo de William Broyles Jr. e Al Reinert. A obra é estrelada por Tom Hanks e narra a história verídica da missão Apollo 13, da NASA, que terminou de forma desastrosa.

O objetivo da missão era pousar na Lua pela terceira vez, porém problemas técnicos obrigaram a agência espacial a trazer os astronautas de volta à Terra. Aí começa o drama, conforme a situação vai crescendo em tensão e angústia pela tragédia que se apresenta de forma cada vez mais evidente.

A construção do filme levou em conta trechos reais de conversas entre o controle de solo e os astronautas, conferindo maior fidelidade ao relato. A obra fez grande sucesso e recebeu nada menos do que nove indicações ao Oscar, levando duas estatuetas para casa — melhor edição e melhor mixagem de som.

7. WALL-E

Filmes no espaço

WALL-E figura entre uma das melhores animações feitas pela Disney Pixar. (Foto: Divulgação/Walt Disney Studios)

Única animação desta lista, WALL-E é um filme de 2008 da Disney Pixar e foi dirigido por Andrew Stanton e roteirizado pelo diretor em parceria com Jim Reardon. Na telona, o que se vê é a vida de WALL-E, um simpático robozinho responsável por recolher lixo da superfície de um planeta Terra devastado e abandonado em um futuro distópico, no ano de 2805.

O simpático robô realiza seu trabalho dia após dia até que, certa vez, se depara com a presença de EVA, uma sonda robô moderna responsável por vir à Terra para localizar alguma sobra de vegetação. Da interação entre os dois robôs nasce um relacionamento emocionante e o filme levou muita gente às lágrimas.

Há neste filme uma evidente crítica ao modo de vida das principais sociedades humanas, WALL-E é um filme construído de maneira primorosa. O sucesso foi tão grande que a obra recebeu seis indicações ao Oscar e saiu vencedora na categoria de melhor animação — há quem diga que uma indicação a melhor filme não teria sido exagero.

8. Lunar

Filmes no espaço

Simples e barato, Lunar é um dos destaques quando se fala em filmes no espaço. (Foto: Divulgação/Sony Pictures)

Um filme modesto e que não fez tanto barulho, Lunar é sem dúvida um dos títulos mais interessantes já feitos até hoje sobre a exploração espacial. A película foi dirigida por Duncan Jones (curiosidade: ele é filho de David Bowie) e roteirizada por ele mesmo em parceria com Nathan Parker.

Na obra, vemos a vida de Sam Bell (Sam Rockwell) como responsável pelas operações de mineração na Lua da empresa Lunar Industries. Ela opera no lado oculto do satélite natural extraindo Hélio 3, então a principal fonte de energia da tela. Tudo vai bem na vida de Bell até que ele sofre um acidente e, ao despertar, descobre que está na companhia de um sujeito que diz ser o próprio Sam Bell.

O roteiro é muito bem construído e vai incrementando o clima de suspense e tensão aos poucos, mas jamais prepara o espectador para o final surpreendente. A obra ainda faz claras referências a 2001 – Uma Odisseia no Espaço, seja na presença do computador inteligente GERTY ou na paranoia sinistra do personagem de Rockwell.

9. Gravidade

Filmes no espaço

Gravidade rendeu o Oscar de melhor diretor a Alfonso Cuarón, o primeiro de um latino-americano (Foto: Divulgação/Warner Bros.)

Chegando na segunda década do século XXI, temos Gravidade, filme dirigido pelo mexicano Alfonso Cuarón e roteirizado por ele em parceria com o seu irmão Jonás Cuarón. A obra fez grande sucesso por apresentar um viés supostamente realista e fiel aos fatos.

Na telona, vemos a sufocante aventura da doutora Ryan Stone (Sandra Bullock), que fica perdida no espaço após um acidente em sua primeira missão espacial. O elenco do filme conta ainda com George Clooney, que interpreta o tenente Matt Kowalski, comandante da equipe.

Gravidade tem aspectos técnicos incríveis, especialmente no quesito direção, edição e mixagem de som e fotografia. Os diálogos também são marcantes e a história fica aberta a uma série de interpretações. O filme recebeu 10 indicações ao Oscar e levou sete estatuetas (melhores efeitos visuais, melhor edição, melhor fotografia, melhor mixagem de som, melhor edição de som, melhor trilha sonora e melhor diretor).

10. Interestelar

Filmes no espaço

Obra de Christopher Nolan, Interestelar causou grande impacto em 2014. (Foto: Divulgação/Paramount Pictures)

A mais recente de todas as obras desta lista vem de 2014 e é Interestelar, o primeiro filme dirigido por Christopher Nolan após o encerramento da sua trilogia do Homem-Morcego. A obra, roteirizada por Nolan junto de seu irmão Jonathan Nolan, trata de temas pesados da astrofísica, o que dividiu a crítica, mas fez grande sucesso.

No filme, vemos o planeta Terra em frangalhos e uma única esperança de salvá-lo. Assim, o ex-piloto da NASA (Matthew McConaughey) parte em busca de um buraco de minhoca que pode levar a outros planetas e, com isso, dar uma chance de salvar a existência da vida humana por aqui.

A densidade dos temas tratados por Interestelar geraram controvérsias, mas o filme funciona perfeitamente bem como uma aventura primorosa pelo espaço. As representações do Universo dadas por aqui são incríveis, o roteiro é bem amarrado e as atuações são marcantes. A obra recebeu cinco indicações ao Oscar e venceu apenas em uma categoria — melhores efeitos visuais.

Fazer listas é algo limitador, afinal sempre vai ficar algo legal de fora. Você já viu os filmes desta seleção? Conhece outro que poderia estar aqui? Não deixe de registrar a sua opinião na caixa de comentários aqui embaixo.