Diretor diz que Furiosa será uma saga e mostrará anos da vida da personagem

Diretor diz que Furiosa será uma saga e mostrará anos da vida da personagem

Por Laísa Trojaike | Editado por Luciana Zaramela | 21 de Abril de 2021 às 21h30
Warner Bros

Quando se trata de Mad Max, podemos sempre esperar qualquer coisa. Na verdade, é melhor se deixar surpreender. Depois de praticamente rebootar o universo com um filme que é basicamente uma enorme sequência de ação, o visionário George Miller atiçou os fãs ao dizer que a história de Furiosa se passará ao longo de "muitos anos".

O anúncio aconteceu durante um evento em Sydney, cujo objetivo era anunciar a data oficial do início da produção de Furiosa. O aguardado spin-off de Mad Max será rodado somente a partir de 2022 no estado australiano Nova Gales do Sul, onde fica Sydney.

Charlize Theron como Furiosa e o diretor George Miller no set de Mad Max: Estrada da Fúria (Imagem: Reprodução/Warner Bros.)

A antiga trilogia Mad Max acompanhou o personagem Max em uma saga pessoal, enquanto o novo filme mostrou o personagem em uma história que se desenvolve durante três dias e duas noites. O filme sobre Furiosa, no entanto, deve retomar o antigo formato, aprofundando-se na história da personagem.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

"É uma saga; acontece ao longo de muitos anos, então há muitos elementos diferentes,” explicou Miller, que logo interrompeu os esclarecimentos dizendo que não falaria mais nada sobre o assunto. Em entrevista ao The Sydney Morning Herald, o diretor chegou a comentar ainda que o filme seria “familiar para as pessoas que conhecem Mad Max e, em particular, Estrada da Fúria", acrescentando que, no entanto, Furiosa será também “único”.

Anya Taylor-Joy em O Gambito da Rainha (Imagem: Reprodução/Netflix)

Cronologicamente, Furiosa é uma prequela de Estrada da Fúria e mostrará a personagem de Charlize Theron quando mais jovem. Até então, Furiosa será interpretada apenas por Anya Taylor-Joy, que esteve na recente série viral O Gambito da Rainha. Com o filme descrito como uma saga, no entanto, existe a possibilidade do retorno de Theron em algum filme futuro.

Essa possibilidade, no entanto, é apenas uma especulação. A saída de Theron não foi voluntária e a mudança de elenco não foi uma ideia recebida com gosto por muitos fãs. As informações são de que Theron nem chegou a ser consultada. A atriz comentou profundamente sobre o assunto em junho de 2020, durante uma entrevista ao The Hollywood Reporter, na qual fala sobre ter se sentido magoada. Ainda assim, a atriz comenta que confia no diretor e acredita nas escolhas feitas por ele.

Charlize Theron como Furiosa em Mad Max: Estrada da Fúria (Imagem: Reprodução/Warner Bros.)

Até o momento, o elenco de Furiosa conta apenas com mais dois nomes: Chris Hemsworth, mais conhecido por seus papéis como Thor no Universo Cinematográfico Marvel (MCU, na sigla em inglês), e Yahya Abdul-Mateen II, intérprete do Manta em Aquaman. Os nomes de seus personagens ainda não foram revelados.

Durante o evento, o premier local, Gladys Berejiklian, disse que Furiosa será o maior filme já gravado no estado. As estimativas apontam que a produção irá gerar pelo menos 850 empregos e render US$ 350 milhões para o estado.

Furiosa tem estreia prevista para junho de 2023 e, enquanto esperamos, poderemos assistir ao filme que Miller está finalizando antes de iniciar os trabalhos de Furiosa. Three Thousand Years of Longing é um drama romântico e fantástico, escrito e dirigido por George Miller. Embora o filme já esteja em pós-produção, ainda não tem há uma previsão de estreia para Three Thousand Years of Longing, que também é aguardado pela presença de Idris Elba e Tilda Swinton no elenco.

Fonte: GameSpot

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.