Blumhouse fará Drácula contemporâneo e já tem direção e roteiro definidos

Por Laísa Trojaike | 11 de Março de 2020 às 12h07
Universal Pictures

Depois de A Múmia (2017) não ter rendido o esperado, parecia que os planos da Universal para reviver seus monstros clássicos não estavam indo muito bem. Mas bastou que O Homem Invisível (2020) tivesse uma excelente recepção para que a Blumhouse começasse a tomar as rédeas da situação.

Depois de revelar que sua equipe está pesquisando Frankenstein, a produtora anunciou nesta terça-feira (10) que outro monstro Universal está prestes a ser revivido: Drácula. Segundo informações do The Hollywood Reporter, Karyn Kusama irá dirigir o filme a partir de um roteiro escrito por Phil Hay e Matt Manfredi. Os três trabalharam juntos em O Convite (2015), que rendeu alguns prêmios em festivais de terror como o Fangoria Chainsaw Awards.

Béla Lugosi como Drácula no clássico da Universal (Imagem: Universal Pictures)

O filme ainda não está oficialmente nas mãos da Universal, mas vale lembrar que a Blumhouse tem um acordo com o estúdio para que os projetos não sejam produzidos sem que a Universal tenha a chance de avaliá-los e decidir se quer participar ou não. Com isso em mente e tendo em vista a hype gerada por O Homem Invisível, é bastante improvável que o estúdio deixe o Drácula da Blumhouse em outras mãos.

Pouco se sabe sobre o roteiro desse novo Drácula, mas, assim como O Homem Invisível, a história clássica será adaptada para acontecer na contemporaneidade. Se inicialmente a estratégia da Universal era focar em estrelas como Tom Cruise, agora eles passaram a eleger a trama como estrela do filme. Deixando um pouco de lado a ideia de fazer algo similar ao Universo Cinematográfico Marvel (MCU), no qual filmes solo dos super-heróis prepararam o terreno para que fossem reunidos em uma mesma obra como Vingadores, a Universal está mais preocupada em ter boas histórias dos seus monstros do que tentar criar filmes que forçosamente os coloquem em uma única produção — o que é muito sensato.

Imagem: Universal Pictures

Na Universal, Drácula teve seu auge nos anos 1930, quando foi interpretado por Béla Lugosi. Drácula (1931) se tornou um marco do cinema de horror, estando nas principais listas de Melhores Filmes de Terror de todos os tempos.

Fonte: The Hollywood Reporter

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.