David Fincher está fora da cinebiografia de Steve Jobs

Por Redação | 15.04.2014 às 17:01

O diretor David Fincher (dos bem-sucedidos Seven, Clube da Luta, Zodíaco, A Rede Social, entre outros) está fora da cinebiografia de Steve Jobs. De acordo com informações do Hollywood Reporter, as altas exigências impostas pelo cineasta fizeram a Sony Pictures mudar de ideia e buscar outro nome.

Fincher já tem um histórico de exigências com o estúdio, que em 2011 deixou-o controlar o subtítulo de Millenium – Os Homens Que Não Amavam As Mulheres, com algo como "O filme 'deprê' do Natal". Na ocasião, a Sony ainda teria confeccionado placas publicitárias de metal, que custaram uma fortuna mas sequer puderam ser utilizadas nos displays das salas de cinema.

david fincher

Além do controle sobre o marketing do filme de Steve Jobs, Fincher também estaria exigindo controle sobre outras funções e a escalação de Christian Bale como Jobs, além de US$ 10 milhões adiantados para pagamento de serviços.

Uma fonte ligada ao estúdio adiantou que há a possibidade da renegociação entre Fincher e a Sony Pictures, no entanto, o valor de US$ 10 milhões é considerado ridículo. "Você não está fazendo Transformers, nem Capitão América. Isso é qualidade – não um sucesso comercial. Ele deveria ser recompensado com o sucesso, mas não antes dele acontecer".

livro steve jobs

Enquanto estuda a renegociação e a busca por outro diretor, a Sony quer para adaptação do livro de Walter Isaacson a mesma equipe de produção de "A Rede Social": o produtor Scott Rudin e o escritor Aaron Sorkin, vencedor do Oscar de Melhor Roteiro Adaptado, em 2010. Com Fincher, Rudin e Sorkin contabilizaram para o estúdio mais de US$ 225 milhões em todo o mundo com o filme sobre o Facebook.

Fonte: http://www.hollywoodreporter.com/news/david-fincher-steve-jobs-movie-696044?mobile_redirect=false