Raríssimo macaco híbrido chama atenção de cientistas em novo estudo

Raríssimo macaco híbrido chama atenção de cientistas em novo estudo

Por Nathan Vieira | Editado por Luciana Zaramela | 04 de Maio de 2022 às 13h05
FiledImage/Envato

Um raríssimo macaco híbrido despertou a atenção da ciência, por representar uma mescla entre duas espécies diferentes (macaco-narigudo e macaco-folha-prateado) que competem por espaço na floresta da ilha de Bornéu, na Malásia. As descobertas foram publicadas na revista International Journal of Primatology no último dia 26.

Os cientistas analisaram fotografias que começaram a aparecer nas mídias sociais em 2017, quando o macaco ainda era bem jovem. No entanto, imagens tiradas em 2020 revelam que o animal já está maduro, com direito até a um filhote.

Espécies diferentes normalmente não produzem descendentes viáveis ​​se acasalarem, mas as espécies muito próximas podem gerar híbridos, conforme comenta a International Union for Conservation of Nature (IUCN). No entanto, o macaco-narigudo e macaco-folha-prateado não são tipicamente semelhantes, tampouco pertencem ao mesmo grupo evolutivo, o que intrigou os cientistas.

Híbrido de macaco-narigudo e macaco-folha-prateado (Imagem: Lhota et al, 2022/International Journal of Primatology)

O macaco-narigudo costuma ter rosto rosados e nariz alongado e pode crescer até 76 cm de comprimento, com um peso de 20 a 24 kg. Enquanto isso, o macaco-folha-prateado tem um rosto preto, com nariz curto e achatados, atingindo cerca de 56 cm de comprimento e 6,6 kg em média.

O híbrido compartilha características de ambas as espécies: seu nariz é como o de um macaco-narigudo fêmea, mas não tão alongado, e seu rosto tem um tom cinza, e a conclusão da análise é que um macaco-narigudo macho acasalou com fêmea da espécie macaco-folha-prateado, que gerou grupos mistos. Uma das teorias é que os narigudos aproveitaram seu tamanho para intimidar e expulsar machos da espécie macaco-folha-prateado.

Fonte: International Journal of Primatology, IUCN, Live Science 

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.