Microsoft libera kit gratuito para desenvolvimento quântico

Por Redação | 19 de Dezembro de 2017 às 12h25
Marketing Land

A Microsoft liberou um preview gratuito para o Kit de Desenvolvimento Quântico com linguagem de programação Q#. A novidade funciona como um simulador de computação quântica e oferece diferentes recursos para quem deseja começar a aprender a desenvolver aplicativos para computadores quânticos, sem a necessidade de ser especialista na área.

Integrado ao Visual Studio, o Kit de Desenvolvimento Quântico pode simular aproximadamente 30 qubits lógicos de potência computacional quântica apenas com um laptop comum. Com isso, desenvolvedores podem testar os programas a partir de seus computadores pessoais.

Mas, com a ajuda de um simulador baseado em Azure, o usuário pode fazer simulações quânticas em larga escala, com mais de 40qubits lógicos de potência computacional. Também está disponível com o kit um conjunto de documentação, bibliotecas e programas de exemplo para que o programador explore aspectos especiais da computação para os sistemas quânticos, como o teletransporte quântico, por exemplo.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

"A ideia é que você brinque com algo como o teletransporte e se intrigue", comenta a pesquisadora e líder principal do projeto, Krysta Svore. A especialista ainda diz que os profissionais poderão desenvolver aplicativos que também funcionam em um computador quântico topológico.

A Microsoft ainda afirma mirar o projeto de programação quântica em estudos sobre problemas mundiais, como a fome e mudanças climáticas, além de investir na área de Inteligência Artificial.

A principal intenção da companhia de Bill Gates é construir um sistema de computação quântica em computadores não só na questão do hardware, mas também software.

"Haverá uma mudança com a computação quântica, mas é nosso trabalho torná-la o mais fácil possível para os desenvolvedores que nos conhecem e nos amam, para que eles possam usar essas novas ferramentas que poderiam potencialmente fazer coisas exponencialmente mais rápidas - o que significa ir de um bilhão de anos em um computador clássico para algumas horas em um computador quântico", revela Todd Holmdahl, vice-presidente corporativo da área quântica da Microsoft.

A esperança da companhia também é baseada em levar a computação quântica a todas as pessoas, tornando-a cada vez mais acessível.

Fonte: Microsoft

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.