Fotógrafo flagra água-viva com sua última refeição intacta na "barriga"; veja!

Fotógrafo flagra água-viva com sua última refeição intacta na "barriga"; veja!

Por Natalie Rosa | Editado por Luciana Zaramela | 12 de Agosto de 2021 às 15h44
Wollwerth/Envato Elements

Em uma praia do Reino Unido, Ian Watkin, fotógrafo, estava fazendo sua caminhada matinal junto a seu cachorro e logo avistou uma água-viva na areia. Ao se aproximar, ele percebeu que o animal ainda estava com a sua última refeição dentro do corpo, o que foi possível ver por ser uma criatura transparente.

O animal em questão é uma água-viva bússola, também conhecida pelo nome científico Chrysaora hysoscella. Ela foi nomeada assim devido às marcas marrons presentes na parte circular do seu corpo, que formam manchas parecidas com a letra V, deixando-a parecida com uma bússola.

Repare, na foto abaixo, o peixe devorado pela água-viva, ainda intacto:

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Imagem: Reprodução/Ian Watkins/Triangle News

Alguns tipos de peixe, como o que foi encontrado dentro da água-viva, costumam buscar abrigo no meio dos tentáculos dessas criaturas gelatinosas. Porém, acabam buscando refúgio dentro do seu próprio predador. Especialistas dizem que o que pode ter acontecido seria a água-viva ter "picado" o peixe até ele morrer, sendo então lentamente digerido pelo seu estômago, o que é chamado de celêntero. Claramente, o processo não chegou a ser terminado, já que o animal acabou encalhado na areia e morrendo.

A água-viva bússola, que costuma aparecer nas águas do Reino Unido entre os meses de maio e outubro, pode crescer até 30 centímetros de diâmetro. Elas se alimentam de caranguejos e pequenos peixes, mas podem se alimentar até mesmo de outras águas-vivas. Sua picada pode ser bastante dolorosa, mas não chega a ser mortal para os humanos.

Fonte: LiveScience

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.