Publicidade

Felino selvagem é encontrado nos EUA com cocaína no organismo

Por| Editado por Luciana Zaramela | 13 de Março de 2023 às 10h59

Link copiado!

byrdyak/envato
byrdyak/envato

O grupo de resgate de animais Cincinnati Animal CARE anunciou um caso diferente, de um serval africano (um felino selvagem) encontrado em 28 de janeiro em Ohio, nos EUA. O animal teve cocaína detectada em seu organismo e precisou de cuidados até ser levado ao Zoológico de Cincinnati, onde atualmente vive bem. O grupo apelidou o felino de Amiry.

Nas redes sociais, a equipe conta que recebeu relatos de um "gato exótico" que estava preso em uma árvore, e conduziu especialistas para ajudar a lidar com a situação. Pela análise de DNA, eles confirmaram a espécie: Leptailurus serval, que costuma habitar áreas pouco arborizadas em savanas, na proximidade de água, na África Subsariana.

Após um caso em que traços de metanfetamina foram encontrados em um macaco-prego no início de 2022, o Cincinnati Animal CARE tornou um procedimento padrão testar animais exóticos capturados em busca de drogas. Depois da transferência para o zoológico da cidade, o animal recebeu cuidados de veterinários disponíveis.

Continua após a publicidade

Drogas detectadas em animais

Não é a primeira vez que animais surpreendem os especialistas ao positivarem para alguma droga. Anteriormente, enguias que habitam o rio Whitelake, no Reino Unido, entraram em contato com MDMA e cocaína após um festival de música chamado Glastonbury. O grupo de cientistas envolvidos encontrou níveis preocupantes dessas substâncias ao coletar amostras da água do rio.

Em 2021, outra preocupação: cães ficaram intoxicados depois de comer fezes de usuários de cannabis. Na ocasião, os animais tiveram falta de equilíbrio e coordenação motora, aumento da sensibilidade ao tato, à dor ou a outros estímulos sensoriais e incontinência urinária.

O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

Fonte: Cincinnati Animal CARE via IFL Science