Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Como os crocodilos sobreviveram ao asteroide que extinguiu os dinossauros?

Por| Editado por Luciana Zaramela | 08 de Dezembro de 2021 às 14h47

Link copiado!

Wirestock/Freepik
Wirestock/Freepik

Uma das perguntas mais questionadas aos cientistas é como os crocodilos conseguiram sobreviver à queda do asteroide que dizimou não só os dinossauros, como a maior parte da vida no planeta. Com a explosão, a Terra enfrentou terremotos, tsunamis, incêndios florestais, chuvas ácidas, e o céu ficou escuro e repleto de poeira por meses, bloqueando a passagem dos raios solares.

Enquanto a maioria dos seres vivos foi embora, somente um tipo de dinossauro sobreviveu: os pássaros. Isso porque eles conseguiram voar e encontrar alimento em lugares distantes, protegendo-se do frio e se alimentando de sementes enterradas perto das plantas mortas. Mas além deles, os crocodilos também conseguiram escapar da destruição.

Continua após a publicidade

Como os crocodilos se salvaram?

A sobrevivência dos crocodilos pode ter acontecido por alguns motivos. Primeiro porque esses animais precisam de pouca energia, passando muito tempo deitados, respirando devagar e conseguindo sobreviver com os batimentos cardíacos muito lentos. Inclusive, eles conseguem prender a respiração embaixo d'água por mais de uma hora. Sendo assim, eles são capazes de ficar meses sem comer. Todas essas características são opostas às dos dinossauros, e por isso eles partiram desse mundo.

Mamíferos também conseguiram

Alguns pequenos mamíferos também conseguiram sobreviver ao desastre, dando origem aos animais modernos que vemos hoje. Pequenos como os ratos, essas criaturas se alimentavam de folhas mortas, cascas que caíam das árvores, além de insetos e vermes.

Continua após a publicidade

Hoje, os dinossauros ficaram apenas em nossa memória, enquanto diversas descobertas vem sendo feitas por paleontólogos em todo o mundo, e a cada vez mais vamos descobrindo mais coisas incríveis sobre eles.

Fonte: The Conversation