Após nove anos, sonda New Horizons chega a Plutão nesta terça-feira (14)

Por Redação | 13 de Julho de 2015 às 08h48
photo_camera Divulgação

Cientistas e entusiastas da exploração espacial estão ansiosos por um momento nunca antes visto na história da astronomia. Nesta terça-feira (14), a sonda New Horizons, da NASA, fará um voo inédito de reconhecimento ao redor de Plutão, marcando, assim, o lugar mais distante alcançado por um veículo espacial lançado aqui da Terra.

A New Horizons deixou a atmosfera terrestre em janeiro de 2006, dos Estados Unidos, no topo do foguete Atlas. Naquela época, Plutão ainda era considerado um planeta - o nono do nosso sistema solar -, mas em agosto do mesmo ano a assembleia da União Internacional de Astronomia (IAU, na sigla em inglês) o rebaixou para a categoria de "planeta-anão". Mesmo assim, a agência espacial norte-americana nunca desconsiderou a importância da missão, que voltou a ganhar destaque nos últimos meses.

Em 2007, a sonda chegou até Júpiter e usou a gravidade do planeta como propulsor para acelerar sua velocidade. A partir daí a espaçonave ficou adormecida, viajando pelo espaço, e só foi reativada em dezembro do ano passado, quando começava a se aproximar de Plutão. Foi uma viagem de aproximadamente nove anos e meio para chegar a um astro localizado a quase cinco bilhões de quilômetros de distância da Terra. O custo? Nada menos que US$ 720 milhões.

Em quase uma década de pesquisas, a New Horizons fez descobertas que mudaram a forma como a comunidade científica enxergava Plutão. A começar pela aparência: se antes ele era visto como uma esfera azulada, agora há provas de que o planeta tem um tom alaranjado com manchas mais escuras. Além disso, quando a missão ainda estava nos primeiros passos, antes de sequer ser lançada, a única lua conhecida era Caronte, a maior, descoberta em 1978. Depois, foi verificada a existência de outras quatro: Nix e Hidra, em 2005; Estige, a mais apagada de todas, em 2011; e Cérbero, a menor, em 2012.

Agora que está ainda mais perto do planeta-anão, a New Horizons se prepara para dar uma volta completa em torno dele e registrar imagens em altíssima resolução de Plutão e de suas cinco luas. Será o mais perto que a sonda chegará de Plutão, mas "perto" é modo de dizer: ela ficará a cerca de 12.500 km de sua superfície e a 29.000 km de Caronte. Essas distâncias vão permitir que a agência mapeie a composição e a temperatura de ambos os corpos celestes.

Após concluir observações em Plutão, a New Horizons continuará sua missão explorando uma região conhecida como Cinturão de Kuiper, onde ele e outros planetas-anões se encontram.

Nas últimas semanas, a NASA publicou as imagens mais nítidas já vistas de Plutão. Uma das mais recentes mostra uma gigantesca área escura apelidada pelos cientistas como "a baleia", e uma outra área maior em formato de coração com cerca de 2.000 km. Essa foto foi o primeiro registro enviado após a sonda entrar inesperadamente em modo de segurança, no dia 4 de julho, quando perdeu contato com a Terra por alguns momentos.

New Horizons

A parte escura, na parte inferior esquerda, é chamada por cientistas como "a baleia", enquanto a mancha clara ao lado direito tem sido apelidada de coração. (Foto: NASA)

Como a chegada da New Horizons significa um marco na astronomia, a agência vai disponibilizar seu canal, o NASA TV, que vai transmitir o evento ao vivo. As contas da missão no Twitter e no YouTube também serão atualizadas em tempo real conforme a sonda se aproximar do planeta. Outra dica é o aplicativo Eyes on Pluto, para Mac e Windows, além da fã page oficial no Facebook.

É importante lembrar que todas as descobertas já feitas e as que estão por vir sobre Plutão não o colocarão de volta como o nono planeta do sistema solar. Outra curiosidade é que, ao passar por Júpiter, a sonda atingiu 21 km por segundo, a maior velocidade já alcançada por um veículo espacial. Além disso, a New Horizons leva consigo as cinzas do cientista e astrônomo americano Clyde Tombaugh, que descobriu Plutão em 1930.

Fonte: New Horizons (NASA)

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.