CES 2020 | Dell anuncia laptop já com novos processadores Ryzen 4000 da AMD

Por Wagner Wakka | 08 de Janeiro de 2020 às 09h00
Divulgação/Dell
Tudo sobre

Dell

Saiba tudo sobre Dell

Ver mais

Nem bem a AMD anunciou na Consumer Electronic Show (CES) seus novos processadores e placas de vídeo para linhas de laptops e a Dell já apresentou um novo modelo com as novidades da parceira. A fabricante de computadores está lançando o Dell G5 15 Special Edition, já com os processadores da série Ryzen 4000H de 3ª geração da AMD.

A linha G da Dell é voltada para jogos, por isso, chega com as peças mais robustas da parceira de hardware. Os processadores anunciados na CES pela AMD conta com até 8 núcleos e 16 threads.

O Dell G5 15 SE também conta com a placa de vídeo Radeon RX 5600M, uma exclusividade dos PCs que começa a ser transportada também para laptops pela AMD.

Notebook também tem chassis com acabamento em metal (Foto: Divulgação/Dell)

Ele ainda tem uma tela de 15,6 polegadas em full HD, com opção de taxa de atualização de 144 Hz. Além disso, traz um teclado mecânico retroiluminado personalizável.

Os modelos começam a ser vendidos a partir de abril com preços partindo de US$ 799,99, próximo a R$ 3.250 na conversão direta.

Monitor gamer

A Dell também apresentou um novo monitor para jogos. Chamado de Alienware 25 Gaming Monitor (AW2521HF), ele conta com taxa de atualização de quadros de 240 Hz. Segundo comunicado da Dell, há menos de 1 milissegundo de atraso de comandos com esta peça.

Monitor tem alta taxa de atualização de quadros para jogos (Foto: Divulgação/Dell)

A tela tem 24,5 polegadas em resolução em full HD, compatível com sistemas de sincronia de quadros com placas de vídeo da Nvidia e AMD.

O aparelho começa a ser vendido em 11 de março ao preço de US$ 499,99,equivalente a R$ 2.050 convertendo diretamente.

App Alienware Second Screen

Outra novidade da Dell para o universo gamer é um aplicativo chamado Alienware Second Screen. Com ele, é possível acompanhar no smartphone informações de utilização de CPU, GPU, memória RAM, além de temperatura de núcleos.

Segundo a empresa, a ideia ainda é uma proposta em testes para evitar que se tenha um segundo monitor só para isso.

Fonte: Dell

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.