Signify apresenta nova versão de aplicativo de automação de iluminação

Signify apresenta nova versão de aplicativo de automação de iluminação

Por Roseli Andrion | Editado por Claudio Yuge | 04 de Junho de 2021 às 23h20
Divulgação/Signify

Já faz algum tempo que a casa conectada é uma promessa de futuro. De olho nesse segmento, que ainda não foi adotado em grande escala no Brasil, a Signify, braço da Philips dedicado à iluminação conectada em rede com Internet das Coisas (IoT, na sigla em inglês), tem lançado lâmpadas inteligentes no país para quem quer deixar o lar mais sofisticado.

Para facilitar o uso desses itens, a empresa acaba de apresentar a nova versão do aplicativo Philips Hue. Segundo a marca, o software otimizado vai ajudar a controlar as lâmpadas de forma mais simples e intuitiva. Isso deve dar mais fluidez à experiência do consumidor com o sistema.

Quem gosta de comandar as cenas de iluminação do imóvel rapidamente pode fazer isso já na tela inicial do app, sem ter de navegar entre as diferentes abas. Ali mesmo, é possível encontrar uma galeria ambientes Hue, que oferece combinações de configuração criadas por especialistas em construir atmosferas a partir do conjunto inteligente de luzes.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Imagem: Divulgação/Signify

Além disso, as configurações de luzes, salas e zonas agora podem ser definidas em cada seção da guia Início. E mais: adicionar uma nova lâmpada Hue ficou mais fácil, já que é possível usar a aba Divisões ou o menu Configurações para fazer a combinação.

Uma vista isométrica 2,5D ajuda a determinar a localização e a altura exatas das lâmpadas. E, quando a configuração é executada, as luzes apresentadas no app mudam de cor para que o usuário saiba exatamente quais são elas.

Imagem: Divulgação/Signify

Outra novidade do aplicativo são as rotinas definidas automaticamente. Na guia Automações, o usuário encontra opções avançadas de personalização para tornar a iluminação inteligente da casa mais adequada a suas necessidades.

Geolocalização

Duas novas definições — Coming Home e Leaving Home — garantem que o aplicativo verifique se há alguém em casa antes de executar o cenário. Assim, quando o usuário que controla a automação deixar a residência, o Philips Hue verifica se há outros indivíduos no local para que eles não fiquem no escuro.

A atualização do app traz, ainda, aprimoramentos às automações do aplicativo baseadas no nascer e no pôr do sol. Agora, é possível escolher a aurora, o crepúsculo ou outro horário específico para iniciar o processo, e ainda desligar as luzes após o término das atividades.

Segundo George Yianni, head de tecnologia Philips Hue da Signify, o objetivo é facilitar a vida do usuário. “Analisamos sugestões e comentários e até mesmo criamos em conjunto com nossos usuários por meio de estudos de usabilidade e aplicativos beta”, conta.

Imagem: Divulgação/Signify

O novo app já está disponível para download na App Store (baixe aqui neste link) e na Google Play Store (baixe aqui neste link). Para quem já usa a versão anterior do Philips Hue, a atualização deve vir automaticamente no decorrer da semana que vem. Nesse caso, quando abri-lo pela primeira vez, o usuário será orientado na migração de configurações atuais, cenas de luz e rotinas.

A Signify já anunciou que a próxima atualização do sistema chega no segundo semestre de 2021 e trará cenas dinâmicas. O recurso vai permitir que as luzes façam uma transição lenta pelas diferentes cores da cena dinâmica.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.