Amazon pode lançar geladeira inteligente que identifica alimentos em falta

Amazon pode lançar geladeira inteligente que identifica alimentos em falta

Por Vinícius Moschen | Editado por Wallace Moté | 06 de Outubro de 2021 às 07h42
Divulgação/Samsung

A Amazon está com planos de trazer ainda mais produtos para dentro das casas, e deverá apresentar em breve uma geladeira capaz de identificar seu conteúdo interno e sugerir compras automáticas quando alimentos estiverem em falta.

O serviço funcionaria em conjunto com o Amazon Go, a série de lojas de conveniência da companhia americana, mas a geladeira também poderia indicar produtos da Whole Foods e do Amazon Fresh, ambas marcas subsidiárias — ou seja, a Amazon planeja aumentar ainda mais a sua divisão de supermercados. Além disso, o produto também poderá recomendar receitas com base no tempo em que as comidas estão paradas dentro do refrigerador, o que pode ser útil caso algo esteja próximo da data de vencimento.

É bem provável que a geladeira também traga integração completa com a Alexa de forma nativa, sem a necessidade de dispositivos paralelos. Naturalmente, a assistente virtual da Amazon também poderá fazer funções via comandos de voz nos produtos Echo, assim como em televisões ou outros eletrônicos compatíveis. De forma particular, a linha Echo Show também deverá receber atualizações de software para permitir integração com as funções do refrigerador por meio de toques na tela.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Samsung já apresentou geladeira com funções de conectividade e tela touchscreen (Imagem: Divulgação/Samsung)

De acordo com fontes internas, a Amazon não planeja montar as geladeiras, e deve terceirizar a função para outra marca. Mesmo assim, a companhia está investindo por volta de 50 milhões de dólares (cerca de R$ 273 milhões, em conversão direta) por ano no projeto. A comercialização da geladeira ainda não está confirmada, mas caso ela chegue às lojas, provavelmente não será barata.

O conceito não é exatamente novo, já que a Samsung vende produtos semelhantes desde 2016 e sua conterrânea LG também vem apostando alto no mercado de eletrodomésticos conectados. Porém, ambas as marcas dependem de integração com serviços de terceiros para realizar as tarefas que a Amazon planeja implementar dentro de seu próprio ecossistema, o que daria uma vantagem para a gigante do varejo.

A Amazon já vem investindo em soluções tecnológicas para os seus mercados e lojas de conveniência há pelo menos dois anos. A rede Amazon Go traz um recurso chamado Just Walk Out, em que sensores conseguem identificar as compras dentro do carrinho, e as cobranças são feitas diretamente na conta no momento em que o cliente deixa a loja. É possível que membros desse projeto também estejam envolvidos no desenvolvimento da geladeira.

Infelizmente, um prazo para o lançamento do produto não foi revelado, restando aguardarmos por novas informações.

Fonte: Engadget

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.