Volvo cria empresa para desenvolver software de condução autônoma

Por Redação | 06 de Setembro de 2016 às 11h52

A Volvo e a Autoliv, empresa especializada em sistemas de segurança para automóveis, firmaram um acordo para a criação de uma empresa conjunta que será responsável por desenvolver um software de condução autônoma tanto para os carros da montadora sueca quanto para outras fabricantes. As empresas esperam começar a vender o sistema de assistência aos motoristas em 2019 e um software completo de condução autônoma em 2021.

A nova companhia, que ainda não possui um nome definido, terá sede em Gotemburgo, na Suécia, onde trabalharão cerca de 200 pessoas. Expectativa é que o quadro de funcionários conte com até 600 funcionários em breve. Em comunicado, a Volvo afirmou que as operações estão programadas para ter início no primeiro trimestre de 2017.

A Volvo e a Autoliv irão se concentrar no desenvolvimento avançado de assistência a condução (ADAS, em inglês) e na condução autônoma (AD, em inglês) para serem utilizados nos veículos da fabricante sueca. A Autoliv também poderá vender os sistemas para outras fabricantes de veículos e os lucros serão compartilhados entre as duas companhias. Visto que muitas fabricantes não podem pagar pelo desenvolvimento de sistemas de condução autônoma para seus veículos, o fornecimento destas soluções pode se tornar uma grande fonte de receitas para a Volvo e a Autoliv.

O presidente da Volvo Cars, Hakan Samuelsson, afirmou que a combinação dos conhecimentos técnicos e recursos de ambas formará uma companhia "líder mundial" no desenvolvimento de software de condução autônoma. "Isso significa que podemos introduzir esta tecnologia emocionante para nossos clientes mais rapidamente", declarou. Para o presidente da Autoliv, Ene Carlson, as empresas são conhecidas mundialmente pela segurança automotiva, o que fará com que seja criado um sistema de condução autônoma totalmente seguro.

De fato, a segurança é um dos principais desafios que a nova empresa deverá enfrentar ao desenvolver seu sistema de direção que dispensa motorista. A indústria automotiva está desenvolvendo sistemas similares para seus carros e tem buscado adaptar seus projetos para a realidade do trânsito em todo o mundo. A ideia é que os erros cometidos pelos humanos ao volante possam ser contornados pelos softwares de direção autônoma.

Fonte: Volvo

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.