Uber está contratando engenheiros para trabalhar em seu carro autônomo

Por Redação | 07.04.2015 às 13:27

Recentemente, o Uber anunciou uma parceria com a Carnegie Mellon University (CMU) para alavancar seu projeto de trabalhar na construção de um carro autônomo. Agora, a empresa dá novos sinais de que está a todo vapor com o seu projeto de carro que dirige sozinho, que aparentemente visa dispensar os motoristas de seu aplicativo.

Em sua página destinada a divulgar vagas de emprego na empresa, o Uber anunciou que está contratando 19 profissionais para o seu recém-criado Centro de Tecnologias Avançadas, em Pittsburgh (EUA). O centro de pesquisas é resultado da parceria com a CMU, e vai funcionar como uma espécie de laboratório experimental onde as melhores mentes poderão resolver problemas que bloqueiam o caminho para o lançamento de veículos autônomos.

Dentre os cargos disponíveis em Pittsburgh, estão: Engenheiro de Comunicação, Engenheiro Elétrico, Especialistas em Machine Learning, Engenheiro de planejamento de movimento, entre outros. Praticamente todas as vagas são destinadas a candidatos que possuam um "verdadeiro amor por carros".

"O Centro de Tecnologias Avançadas é a divisão de Pittsburgh da equipe de engenharia de elite do Uber; uma equipe de alta performance marcada por ser destemida e hiper produtiva", diz a descrição de uma das vagas. "Nossa pesquisa é feita principalmente nas áreas de mapeamento, segurança do veículo, e autonomia. Nossa equipe é formada por pesquisadores de renome mundial com décadas de experiência, e estamos à procura de engenheiros que possam trabalhar mais duro, mais rápido e com mais inteligência, sem sacrificar a excelência técnica".

A realidade é que existe uma série de possibilidades por trás desses movimentos do Uber em busca de grandes talentos da engenharia mecânica. A empresa pode estar desenvolvendo um veículo de autocondução totalmente automático, ou então pode estar criando uma tecnologia para ser incorporada a veículos já existentes. Independente de qual tipo de tecnologia venha por aí, outra vaga que descreve uma das funções como "interação com vendedores e fornecedores de gestão" nos leva a crer que o objetivo é fabricá-la em grande escala.

Fonte: Uber