Uber vai criar seu próprio carro autônomo para competir com o Google

Por Redação | 03 de Fevereiro de 2015 às 08h46
Tudo sobre

Google

Rumores indicam que Google e Uber estão fazendo movimentos interessantes no território um do outro: enquanto a gigante das buscas estaria criando um aplicativo de transporte baseado no Google Maps, a startup que tem tirado o sono dos taxistas está desenvolvendo carros que dirigem sozinhos.

As duas companhias já possuem alguns pontos em comum e o principal é que o Google Ventures é um dos maiores investidores do Uber e, além disso, o diretor jurídico da empresa de Mountain View, David Drummond, faz parte do conselho administrativo do Uber.

De acordo com um relatório da Bloomberg, executivos da startup já viram algumas screenshots do app do Google e que ele já está em fase de testes. A novidade deve funcionar em parceria com os carros autônomos da empresa, oferecendo uma espécie de serviço de táxi sem motorista. Dessa forma, o Google conseguiria oferecer serviços muito mais baratos do que o Uber ou os táxis convencionais.

Assista Agora: Gestor, descubra os 5 problemas que suas concorrentes certamente terão em 2019. Comece 2019 em uma nova realidade.

Porém, o Wall Street Journal disse que uma pessoa familiarizada com o Google já descartou completamente esta possibilidade, afirmando que o tal aplicativo é uma ferramenta interna destinada a ajudar os funcionários da empresa a conseguir carona para o trabalho e "não está associado ao programa de carros sem motorista de companhia".

Do outro lado da história, o Uber postou um comunicado em seu blog oficial anunciando uma parceria com a Carnegie Mellon University (CMU) para alavancar seu projeto de trabalhar na construção de um carro autônomo e "se libertar" da necessidade de motoristas em seu aplicativo – que já lhe trouxeram alguns problemas.

Ainda de acordo com o WSJ, além de seu próprio carro autônomo, o Uber estaria trabalhando em seu próprio sistema de mapeamento para não continuar dependente do Google Maps. Se isto for verdade, a startup está realmente tentando competir com o Google, mesmo que ele não esteja pensando em competir com o Uber.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.