Uber entra em acordo com família da vítima de carro autônomo nos EUA

Por Natalie Rosa | 29 de Março de 2018 às 10h41
photo_camera The Verge
TUDO SOBRE

Uber

A Uber anunciou nesta quarta-feira (28) que entrou em acordo com a família da primeira vítima fatal de um acidente causado por veículo autônomo. Elaine Herzberg, de 49 anos, foi atingida pelo carro da Uber durante testes na cidade de Tempe, no estado norte-americano do Arizona.

A advogada do caso, Cristina Perez Hesano, afirmou à imprensa norte-americana que o assunto já está resolvido entre a empresa de caronas e a filha e marido da vítima. Embora os termos e detalhes do acordo não tenham sido divulgados, a família agora diz que não há mais comentários a serem fornecidos sobre o caso.

A fatalidade aconteceu na madrugada do dia 19 de março e, desde então, o assunto vem tomando conta do mercado de veículos autônomos. Na quarta-feira, dia 28 de março, a Uber decidiu abandonar os testes em vias públicas na Califórnia e no Canadá, locais onde o experimento vinha sendo realizado, após sua licença expirar.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Já o CEO da Waymo, John Krafcik, empresa subsidiária da Alphabet, da Google, diz que sua tecnologia evitaria esse tipo de acidente. O executivo conta que o seu sistema é mais preparado para evitar ou lidar com incidentes que podem causar consequências graves.

Segundo registros da câmera instalado no interior do veículo da Uber, a vítima estava atravessando, fora da faixa de pedestres, uma estrada escura de quatro pistas em uma bicicleta quando foi atingida.

Fonte: The Guardian

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.