Toyota vai apostar na produção de carros elétricos

Por Redação | 07 de Novembro de 2016 às 14h44

A Toyota está de olho no futuro da indústria automotiva e, depois de investir em uma empresa de compartilhamento de veículos, a montadora resolveu se render à produção de carros elétricos.

A empresa sempre foi firme em sua afirmação de que o hidrogênio seria o substituo natural da gasolina e do diesel como combustível dos veículos. Depois de resistir à chegada dos modelos elétricos, a montadora finalmente está planejando lançar um novo veículo de longo alcance movido à energia até 2020, uma vez que seus planos incluem tornar sua frota completamente livre de emissões até 2050.

A notícia foi divulgada pelo jornal Nikkei que, sem citar fontes, disse que a montadora deve criar uma equipe dedicada ao desenvolvimento de carros elétricos ainda em 2017. Os veículos serão capazes de viajar mais de 300 km com uma única carga. A Toyota ainda não confirmou as informações.

A Toyota sempre disse que os veículos elétricos eram ótimos para viagens mais curtas, mas não eram bons o suficiente para encarar estradas mais longas. O principal motivo apontado é que as baterias são caras e o uso intensivo dos recursos exige longas recargas para dar conta do recado.

Por outro lado, o uso do hidrogênio iria espelhar a experiência da bomba de gasolina e, de acordo com a empresa, as células de combustível são mais verdes, baratas e duram mais. O Toyota Mirai, veículo elétrico movido a célula de combustível de hidrogênio, é capaz de percorrer mais de 500 km com um tanque do combustível.

Em contrapartida à ideia da Toyota, vale destacar que o custo da substituição de bombas de gasolina por postos de hidrogênio geraria um custo astronômico. Isso sem contar que o abastecimento via hidrogênio não é tão eficiente quanto carregar uma bateria, já que, para começo de conversa, você precisa gastar energia (via eletrólise) para produzi-lo.

Via Reuters

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.