Publicidade
Economize: canal oficial do CT Ofertas no WhatsApp Entrar

Renault fabricará apenas carros 100% elétricos na Europa até 2030

Por| Editado por Jones Oliveira | 19 de Janeiro de 2022 às 14h00

Link copiado!

Divulgação/Renault
Divulgação/Renault

A Renault abraçará a era dos carros elétricos com todas as forças e venderá apenas veículos com essa propulsão na Europa até 2030. A promessa foi feita por Luca de Meo, CEO da montadora francesa, ao Automotive News Europe.

Segundo o principal executivo da marca, a chamada "Renaulution" será adotada para expandir toda a linha de carros elétricos do grupo e, de quebra, transformar a Alpine em uma marca formada apenas por carros 100% elétricos.

O movimento dá continuidade ao que a Renault já tinha iniciado com o anúncio do Mégane E-TECH, que foi projetado para “democratizar a eletrificação” dos carros na Europa. Além do modelo, o Kwid elétrico, que chegará ao Brasil, também já foi bastante comentado.

Continua após a publicidade
"A marca Renault fortalece sua posição na Europa no mercado eletrificado. A gama de modelos E-TECH (veículos elétricos e equipados com motorizações híbridas) representa 30% das vendas de veículos de passeio Renault na Europa em 2021. O Renault Arkana, que permitiu à marca voltar ao segmento C, totalizou 56% de suas vendas com versões equipadas com a motorização E-TECH”, informou a empresa.

Renault Dacia pode manter híbridos "vivos"

O Dacia Group, outro braço da empresa, no entanto, pode "sobreviver" por mais algum tempo com veículos híbridos, ou seja, que ainda têm em sua configuração motores a combustão trabalhando junto com elétricos. Pelo menos se o desejo de Gilles Leborgne, vice-presidente executivo, prevalecer.

"Vamos lutar para manter o híbrido vivo depois de 2034, 2035. Vamos lutar para propor uma maneira mais suave de fazer as coisas, ter uma proporção de híbridos até 2040", resumiu.

Fonte: Automotive News Europe