Os 5 SUVs flex que mais gastam combustível do Brasil segundo o Inmetro

Os 5 SUVs flex que mais gastam combustível do Brasil segundo o Inmetro

Por Paulo Amaral | Editado por Jones Oliveira | 04 de Julho de 2022 às 16h04
Divulgação/Range Rover

Já mostramos a você quais são os carros mais econômicos do Brasil, tanto elétricos quanto à combustão, em 2022. Agora, chegou a hora de ver o assunto por outro ângulo: o Inmetro divulgou nesta semana os 5 SUVs flex à venda no mercado nacional que mais consomem combustível segundo os dados do Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular (PBEV).

Como de costume, as medições foram feitas em relação ao consumo energético, em megajoules por quilômetro (MJ/km) e também em km/l (quilômetros por litro), que é a medida com a qual o consumidor brasileiro está mais habituado. Lembrando que quanto maior o MJ/km, maior é o consumo em km/l.

5 - BMW X1

Abrindo a lista dos 5 SUVs menos econômicos do Brasil em 2022, segundo os dados do Inmetro, está a BMW X1, em sua versão sDrive20i GP Plus. Ela é dotada de motor flex, 2.0 turbo, que gera 192 cavalos, e dá ao motorista um câmbio automático de 8 velocidades.

Nesta configuração, o modelo da marca alemã recebeu a nota C do órgão, graças aos seguintes números mensurados:

  • Consumo energético: 2,09 Mj/km
  • Consumo cidade: 6,7 km/l (etanol) e 9,5 km/l (gasolina)
  • Consumo estrada: 9,5 km/l (etanol) e 11,7 km/l (gasolina)
BMW X1 abre a lista dos 5 SUVs mais gastões de combustível à venda no Brasil (Imagem: Divulgação/BMW)

4 - Jeep Renegade

O Renegade, um dos SUVs mais vendidos do Brasil, também é um dos mais “beberrões” do segmento. Segundo os dados do Inmetro, a versão Trailhawk, dotada de motor 1.3 turbo de 185 cavalos, câmbio automático de 9 velocidades e tração integral, também é merecedora apenas de uma nota C no que diz respeito ao consumo de combustível.

O modelo da Jeep apresentou os seguintes números nos testes do órgão.

  • Consumo energético: 2,24 Mj/km
  • Consumo cidade: 6,3 km/l (etanol) e 9,1 km/l (gasolina)
  • Consumo estrada: 7,3 km/l (etanol) e 10,8 km/l (gasolina)
Renegade, em sua versão Trailhawk, é a quarta mais gastona de combustível no Brasil (Imagem: Divulgação/Stellantis)

3 - Range Rover Evoque

Abrindo o pódio dos SUVs mais “gastões” de combustível no Brasil está a versão S da Range Rover Evoque. O modelo tem sob o capô o potente motor 2.0 flex de 249 cavalos, que trabalha em conjunto com um câmbio automático de 9 velocidades.

Apesar de forte, ele não é muito eficiente no consumo energético, tanto que recebeu nota D segundo os números do Inmetro.

  • Consumo energético: 2,49 Mj/km
  • Consumo cidade: 5,4 km/l (etanol) e 8,2 km/l (gasolina)
  • Consumo estrada: 7,1 km/l (etanol) e 10,4 km/l (gasolina)
Evoque S abre o pódio dos SUVs mais beberrões do Brasil em 2022 (Imagem: Divulgação/Land Rover)

2 - Jaguar E-Pace

Outra “nave” que esbanja luxo e sofisticação, mas se perde quando o assunto é eficiência energética é o Jaguar E-Pace em sua versão R-Dynamic S, que compartilha as mesmas configurações de motor e câmbio da Range Rover Evoque.

Não à toa, também recebeu classificação D do Inmetro, e registrou os seguintes números após as aferições oficiais:

  • Consumo energético: 2,61 Mj/km
  • Consumo cidade: 5,4 km/l (etanol) e 7,5 km/l (gasolina)
  • Consumo estrada: 7 km/l (etanol) e 10 km/l (gasolina)
Jagar E-Pace é o segundo entre os SUVs menos eficientes no quesito consumo (Imagem: Divulgação/Jaguar)

1 - Land Rover Discovery Sport

O SUV “campeão” em gasto de combustível, o mais “beberrão” de todos os que estão à venda no mercado brasileiro em 2022, segundo as medições do Inmetro, é o Land Rover Discovery Sport.

Discovery Sport é o menos eficiente e o que mais consome combustível entre os SUVs à venda no Brasil (Imagem: Divulgação/Land Rover)

O luxuoso modelo, em sua versão S, também dotada de motor 2.0 turbo flex de 249 cavalos, câmbio automático de 9 velocidades e tração integral, recebeu nota D do órgão, acompanhada dos seguintes números:

  • Consumo energético: 2,90 Mj/km
  • Consumo cidade: 4,9 km/l (etanol) e 7 km/l (gasolina)
  • Consumo estrada: 6,2 km/l (etanol) e 8,6 km/l (gasolina)

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.