Publicidade

O que é o chrome delete?

Por| Editado por Jones Oliveira | 23 de Fevereiro de 2024 às 15h30

Link copiado!

Tausif-ali-khan/Pexels
Tausif-ali-khan/Pexels

Você, que está sempre antenado nas novidades do mundo automotivo, já ouviu falar ou sabe o que é chrome delete? Não? Sem problemas. Vamos explicar direitinho o que é e como fazer para deixar seu carro mais bacana.

Antes de explicar o que é o chrome delete, uma boa notícia: se você se interessar em fazer o procedimento no seu carro, saiba que não precisará levá-lo depois ao Detran para atualizar a documentação.

Esse tipo de mudança só é exigido por lei quando há a alteração completa da cor do veículo, bastante comum quando o consumidor opta por outro tipo de serviço, conhecido como envelopamento ou plotagem.

Continua após a publicidade

Nesses casos, é preciso seguir o que diz a Resolução 292 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). O texto especifica que “proprietários que tenham veículos com mais da metade de sua área envelopada devem procurar o Detran para solicitar a atualização da cor no documento do automóvel”.

No caso de descumprimento da lei, o proprietário do veículo com a cor adulterada em mais de 50% da carroceria terá que arcar com multa, 5 pontos na CNH e possível apreensão até a retirada do material de envelopamento.

Chrome delete é legalizado?

Continua após a publicidade

Se o envelopamento, ou plotagem, exige alteração do documento (a menos que seja mantida a cor original do veículo), o chrome delete é menos trabalhoso para o dono do carro que optar pelo procedimento.

Isso é possível porque o chrome delete, como o próprio nome diz na tradução para o português, nada mais é do que “apagar o cromado”, ou melhor, as partes com cores cromadas do carro ou veículo que será submetido ao processo.

Como é feito o chrome delete?

Continua após a publicidade

O processo de realização do chrome delete é bem simples. Ele consiste puramente na aplicação de um adesivo preto, que pode ser brilhante ou fosco, em cima das partes cromadas do veículo.

O envelopamento parcial pode ser aplicado em locais como teto, colunas das portas, soleiras e grades frontais. Todas essas modificações servem para renovar o visual do carro, mas não exigem alterações no documento original.

Segundo as empresas especializadas no serviço de chrome delete, ele é ideal para proteger o brilho original e a pintura das partes aplicadas, e pode ser retirado na hora da venda do carro, caso o proprietário queira.

Continua após a publicidade

O serviço costuma custar a partir de R$ 1,3 mil, mas tudo depende do modelo do carro e da quantidade de peças que o dono pretender “apagar” o cromado com os adesivos pretos.