Infotenimento automotivo cresce e acirra competição entre as empresas

Por Felipe Ribeiro | 15 de Junho de 2019 às 11h45
Leonardo Pavini/ Canaltech

A indústria automotiva está confiando cada vez mais em empresas de tecnologia como Apple, Google, Amazon e Microsoft para trazer o poder de nossos smartphones e inteligência artificial para os veículos. Aproximadamente 700 milhões dessas plataformas de software serão habilitadas até 2024, de acordo com a última previsão do IHS Markit.

Com esse acirramento do mercado, separamos abaixo algumas das soluções atuais e que, certamente, estão na maioria dos carros pelo Brasil e pelo mundo.

Apple Car Play

A Apple lançou atualizações para o CarPlay na WWDC 2019 e disse que o aplicativo está agora disponível para ser utilizado em 90% dos novos veículos nos EUA. O sistema espelha as principais funções do iPhone para a tela multimídia dos carros compatíveis, possibilitando que o usuário faça uso do Apple Maps, Spotify, Deezer e até mesmo o WhatsApp.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Além disso, a assistente virtual da Maça, a Siri, também dá as caras no aplicativo, possibilitando comandos de voz e auxiliando na segurança.

Android Auto

Já a Google anunciou uma atualização para o Android Auto no mês passado, durante a Google I/O, e disse que o primeiro carro com o sistema operacional Android nativo, chamado Android Automotive, estará disponível no próximo ano, o sedã médio 350, da fabricante chinesa Roewe.

Tal qual seu maior concorrente, o Android Auto não faz necessariamente o espelhamento da tela do aparelho na tela do sistema multimídia do carro, mas proporciona ao motorista as principais facilidades do smartphone com muita praticidade.

O Canaltech, inclusive, teve a oportunidade de testar a última versão do Android Auto (foto abaixo) durante a análise do Ford Ka 2019, que ostenta a central multimídia Sync 3.

Imagem: Leonardo Pavini/ Canaltech

A Google, pensando na segurança dos motoristas, trabalha em um laboratório próprio efetuando testes para tornar o Android Auto cada vez mais simples e fácil de ser utilizado. Com um software que analisa o comportamento do usuário, a empresa foi capaz de projetar toda a interface do aplicativo para fazer com que quem o estiver usando não se distraia.

Microsoft e Amazon também estão "na estrada"

Alguns sistemas nativos de infotenimento já são compatíveis com tecnologias de inteligência artificial. A BMW, por exemplo, pioneira em conectividade desde os tempos de iCar, tem o apoio da Microsoft para a produção do sistema operacional de seus kits multimídia.

Imagem: CNBC

Já a Amazon, muito interessada em entrar nesa briga, adaptou a Alexa, sua assistente virtual, para auxiliar motoristas em diversos automóveis, como Mercedes, Audi, Volkswagen e BMW. O motorista pode, por exemplo, ativar a Alexa para pedir soluções nos mapas, certificar a pressão dos pneus, abrir a porta da garagem (caso a porta possua alguma conexão com os sistemas da Amazon) e até pedir socorro em caso de acidente.

Fonte: CNBC

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.